Menu
Busca quarta, 26 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Juízas debatem desafios na carreira em MS

O debate foi promovido por meio de oficinas ocorridas na semana passada

21 maio 2019 - 08h50Rayani Santa Cruz, com informações da assessoria

As juízas Helena Alice Machado Coelho, Samantha Ferreira Barione, Mariana Rezende Ferreira Yoshida, Carolinne Vahia Concy, Jacqueline Machado e Luíza Vieira Sá de Figueiredo, além da desembargadora aposentada Maria Isabel de Matos Rocha, representaram o Judiciário de MS em capacitação de nível nacional.

O curso que ocorreu de 15 a 17 de maio foi promovido pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam).

As juízas e a desembargadora sul-mato-grossenses realizaram atividades para abordar as temáticas poder decisório e ocupação de espaços institucionais; avaliação judicial sobre os riscos de violência doméstica; apresentação das pesquisas “Diagnóstico da Participação Feminina no Poder Judiciário – DPJ/CNJ” e “Cenários – CNMP”; Como julgar com perspectiva de gênero?; Marcadores Sociais e Interseccionalidade; e Os ODS na agenda do Poder Judiciário – ODS 1, 5 e 8.
 
Foram realizadas sete oficinas para promover o compartilhamento de experiências sobre a carreira no Judiciário e as discussões foram norteadas pelos temas Representatividade; Gênero e suas Interseccionalidades; Mulheres e Desenvolvimento; e Julgamento com perspectiva de gênero.
 
“Nós percebemos que, apesar dos avanços alcançados, ainda há muitos espaços que a mulher precisa ocupar (e quer ocupar) em prol de uma igualdade material”, declarou a formadora Luiza Vieira Sá de Figueiredo, juíza da comarca de Corumbá.
  
Conforme pesquisa publicada pelo CNJ em 2018, o perfil dos magistrados brasileiros é majoritariamente masculino. Entre os cargos de ministro e desembargador, os homens ocupam, respectivamente, 84% e 77% das vagas. A porcentagem reduz quando se trata de juízes titulares e substitutos; nessa ordem, os homens preenchem 61% e 56% dos cargos.
 
O curso foi promovido pela Enfam juntamente com o CNJ e a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho (Enamat), com o apoio da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra).

Assembleia para todos - junho-19

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Fulano di Tal encerra mostra com a obra “A Fabulosa História do Guri-Árvore”
Geral
Sorteio dos 602 apartamentos será transmitido pela internet
Geral
Inflação da construção civil sobe para 0,44% em junho, diz FGV
Geral
“Objetivo é demonstrar nossa contrariedade à reforma da previdência”, diz Sinpol
Geral
Exposição fotográfica "Olhares do Boêmio" acontece na Câmara
Geral
Termina desassoreamento do lago menor no Parque das Nações
Geral
Homem morre após sofrer acidente em rodovia
Geral
Oposição vence eleição à prefeitura em Istambul
Geral
Licenciamento de placas com finais 4 e 5 devem ser pagos nesta semana
Geral
EUA buscam coalizão global contra Irã

Mais Lidas

Polícia
Vídeo – ex-policial é executado no estacionamento do Shopping China
Polícia
Pilar de concreto cai e mata criança deitada em rede
Cidade
Supermercado Real é autuado pela venda de produtos vencidos
Polícia
Homem é atendido com faca cravada no crânio em MS