Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Justiça

Justiça absolve Nelsinho no caso Omep - Seleta

O senador era acusado de improbidade administrativa

14 maio 2019 - 18h34Joilson Francelino, com informações da assessoria

A 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS) absolveu o senador Nelsinho Trad das acusações de improbidade administrativa por supostas irregularidades em convênios com a Organização Mundial para Educação Pré-Escolar (Omep) e Sociedade Criativa e Humanitária (Seleta), quando era prefeito da capital.

O advogado de defesa de Nelsinho, Edson Kohl Júnior explica que, nos autos, demonstrou que o prazo para cumprimento do acordo firmado com o Ministério Público acabaria no decorrer das futuras gestões e, o que cabia ao então prefeito, foi efetivamente cumprido. “Comprovamos que, à época de sua gestão, não foi praticada qualquer irregularidade nos convênios firmados com as entidades”, disse.

No julgamento realizado pela 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça, somente o desembargador Paulo Alberto de Oliveira votou pelo prosseguimento da ação. Em seu voto, porém, elogiou o trabalho da defesa e afirmou que só votaria pela continuidade da ação para ser coerente com suas próprias decisões tomadas em outros casos.

Os demais desembargadores, que julgaram procedentes os pedidos do ex-prefeito, reconheceram a veracidade dos argumentos da defesa, impedindo o recebimento da denúncia contra o atual senador.

A ação que corria contra Nelson Trad Filho, Alcides Bernal e Gilmar Olarte, prosseguirá somente contra os dois último gestores para averiguar a existência de irregularidades na execução dos convênios firmados.

A redação tentou contato com o senador, mas até o fechamento desta reportagem, não obteve retorno.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Sob ameaça de greve, TJ decide que escolas devem abrir com parte de efetivo
Justiça
Depois de ofender Reinaldo, internauta é condenado
Justiça
STF derruba foro privilegiado de autoridades estaduais do Maranhão
Justiça
Juíza Jacqueline representa MS em encontro sobre as mulheres
Justiça
Audiência deve "abrir espaço para cobrança mais justa", diz Anoreg
Justiça
TSE arquiva investigação contra Haddad
Justiça
TJ-MS debate nova tabela de emolumentos
Justiça
Temer deve se apresentar a PF nesta quinta-feira
Justiça
OAB/MS quer mais faixas de cobrança nos cartórios
Justiça
No TJ, Reinaldo defende nova estratégia para presídios

Mais Lidas

Polícia
Troca de tiros termina com homem morto e PM ferido
Educação
Estão abertas as Inscrições para o Encceja
Polícia
Guarda municipal responsável pelo transporte de arsenal é preso
Geral
Motociclista morre em acidente na BR-163