Menu
Busca sexta, 18 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS setembro20
Justiça

Justiça absolve Nelsinho no caso Omep - Seleta

O senador era acusado de improbidade administrativa

14 maio 2019 - 18h34Joilson Francelino, com informações da assessoria

A 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS) absolveu o senador Nelsinho Trad das acusações de improbidade administrativa por supostas irregularidades em convênios com a Organização Mundial para Educação Pré-Escolar (Omep) e Sociedade Criativa e Humanitária (Seleta), quando era prefeito da capital.

O advogado de defesa de Nelsinho, Edson Kohl Júnior explica que, nos autos, demonstrou que o prazo para cumprimento do acordo firmado com o Ministério Público acabaria no decorrer das futuras gestões e, o que cabia ao então prefeito, foi efetivamente cumprido. “Comprovamos que, à época de sua gestão, não foi praticada qualquer irregularidade nos convênios firmados com as entidades”, disse.

No julgamento realizado pela 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça, somente o desembargador Paulo Alberto de Oliveira votou pelo prosseguimento da ação. Em seu voto, porém, elogiou o trabalho da defesa e afirmou que só votaria pela continuidade da ação para ser coerente com suas próprias decisões tomadas em outros casos.

Os demais desembargadores, que julgaram procedentes os pedidos do ex-prefeito, reconheceram a veracidade dos argumentos da defesa, impedindo o recebimento da denúncia contra o atual senador.

A ação que corria contra Nelson Trad Filho, Alcides Bernal e Gilmar Olarte, prosseguirá somente contra os dois último gestores para averiguar a existência de irregularidades na execução dos convênios firmados.

A redação tentou contato com o senador, mas até o fechamento desta reportagem, não obteve retorno.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Anhanguera deverá indenizar ex-aluna por cobrança indevida
Justiça
Ministério Público move ação contra contrato do Consórcio Guaicurus
Justiça
Mutirão DPVAT: 1.787 processos podem ser finalizados em 2020
Justiça
Judiciário retoma gradativamente as atividades presenciais nesta terça
Justiça
Juiz ouve testemunhas de acusação do assassinato de Carla nesta terça
Justiça
Justiça proíbe Globo de divulgar detalhes da investigação de Flávio Bolsonaro
Justiça
Justiça determina que filhos de Flordelis fiquem em presídios separados
Justiça
Ministério Público prorroga regime diferenciado de trabalho
Justiça
Atacadão indenizará cliente que comprou linguiça com larva
Justiça
Justiça impede pais de visitarem filhos, vítimas de violência

Mais Lidas

Geral
Aos 24 anos, morre repórter da Globo Kaio Amaral
Polícia
PMA autua pela segunda vez nas últimas 24 horas usina sucroenergética em R$ 408 mil
Vídeos
Motorista de aplicativo é acusado de furto
Brasil
Vídeo: Homem é assassinado ao som de funk e tem olhos perfurados por galho