Menu
Busca sábado, 31 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
Política

Nelsinho comemora lei para reeleição de conselheiros tutelares

A nova lei foi assinada pelo presidente Jair Bolsonaro na última quinta-feira

10 maio 2019 - 19h15Mauro Silva

O presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) o senador Nelsinho Trad  (PDS-MS) comemorou o projeto do deputado federal Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) que virou lei depois de aprovado pelo Senado e assinado na quinta-feira (9) por Jair Bolsonaro.

Nelson Trad foi relator do parecer apresentado na CCJ, ele, juntamente com o Sóstenes, acompanhou o presidente Bolsonaro no ato da assinatura. Conforme a nova lei, a recondução ao cargo de conselheiro tutelares em seus cargos se torna ilimitada.

“O presidente assinou a lei que permite a reeleição o que antes não era permitido, o interessante nesse caso é que vai permitir que os bons conselheiros continuem através do voto popular, quem não for bom vai sair”, disse.

“Acho justo essa lei, pois nós políticos não podemos nos reeleger? Então, eles também podem”, acrescentou.

Ainda de acordo com o senador, as crianças e adolescentes saem ganhando com a possibilidade de conselheiros com mais experiência continuar no cargo, pois isso trás um melhor entrosamento entre as partes.

Conselho tutelar

O conselho tutelar é previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA — lei 8.069, de 1990) como órgão permanente e autônomo, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente. São cinco os conselheiros, escolhidos pela população por meio de eleição, com mandato de quatro anos. O ECA, contudo antes, permitia a recondução dos conselheiros tutelares por apenas uma vez, a partir de hoje não haverá mais essa limitação.

 

 

CertFica

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Paulo Matos alerta para não votarem em "candidatos impugnados"
Política
Veja como ficam apenas os votos válidos na pesquisa Ibope
Política
Bolsonaro pede voto para candidata a vereadora do DEM em Campo Grande
Política
Simone Tebet discorda da legalização de jogo de azar para financiar Renda Cidadã
Política
Sindifiscal-MS entrevista candidatos à prefeitura da Capital
Política
Último dia para que candidatos possam ser presos
Política
Bolsonaro pede desculpas após piada homofóbica
Política
Vinicius Siqueira perde 118 segundos de horário eleitoral na TV
Política
Confira a agenda dos candidatos nesta sexta-feira
Política
Instituto Ranking mostra Barbosinha líder em Dourados

Mais Lidas

Geral
Brasileiro ganha R$ 130 mil após encontrar falha de segurança no Facebook
Polícia
Dois homens são multados em R$ 20 mil por degradação de área protegida
Polícia
Carro desgovernado mata filho de pastor na calçada da igreja
Brasil
Sortudo pode receber R$ 52 milhões neste sábado