Menu
Busca terça, 27 de julho de 2021
(67) 99647-9098
Governo - covid atitudes
Geral

Projeto de instituto busca acolher refugiados por meio da Língua Portuguesa

Estudo pretende contribuir para a integração social de migrantes em Corumbá

05 dezembro 2018 - 13h57Da redação com assessoria

A situação dos refugiados no município de Corumbá é tema de um projeto de pesquisa desenvolvido pelo campus do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS). O estudo prevê o levantamento estatístico dos migrantes, a partir da quantificação e identificação de acordo com sexo, idade, origem e proteção almejada, e a oferta de um curso de Língua Portuguesa.

A coordenadora da pesquisa e professora de Língua Portuguesa, Renilce Barbosa, explica que o objetivo é contribuir para a integração social de refugiados em Corumbá, por meio do estudo da relação entre sujeito, história e língua, fomentando a ampliando as políticas públicas de ensino da Língua Portuguesa como mecanismo de acolhimento.

Também está prevista a realização de um curso de Língua Portuguesa ao público-alvo do projeto. "Esse curso será ministrado nas instalações do IFMS em Corumbá, numa relação colaborativa entre professores e alunos da instituição com o intuito de oportunizar o protagonismo juvenil", explicou o professor José Augusto.

Reconhecimento

O projeto de pesquisa intitulado “Em questão: língua de acolhimento – Português para refugiados no contexto corumbaense”, foi premiado na edição 2018 da Feira de Ciência e Tecnologia do Pantanal (Fecipan), realizada no mês de outubro, em Corumbá.

No evento, a pesquisa recebeu três prêmios: melhor banner, melhor relatório e melhor projeto do ensino médio 2018. O trabalho também foi credenciado para participar da edição 2019 da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), promovida pela Universidade de São Paulo (USP), que ocorrerá no mês de março na capital paulista.

Além da participação na Fecipan, um minicurso sobre o tema foi ministrado na Semana de Ciência e Tecnologia do IFMS. “Por meio de dinâmicas e palestras, procuramos mostrar aos participantes como é ser um refugiado no Brasil e as dificuldades que enfrentam no dia a dia”, comentou a estudante bolsista.

Vai di Vinho

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
'Queima controlada' no Pantanal está suspensa até 30 de outubro
Geral
Prefeitura convoca aprovados para atuar no “Programa Criança Feliz”
Geral
Implante sem dor técnica diferenciada é aplicada na capital
Geral
Vídeo: “Casado me deito, com chifre me levanto”, corno flagra traição da esposa
Geral
Procon Estadual alerta sobre golpes de falsos entregadores
Geral
Com salário de R$ 3 mil, inscrições para o concurso do Banco do Brasil terminam amanhã
Internacional
Homem é preso enquanto 'namorada' de 12 anos da à luz em hospital
Geral
Após quase 18 meses, GCM retorna com rondas nas escolas municipais
Brasil
Vídeo: 'Corno escandaloso' descobre traição e faz barraco em estacionamento
Geral
Receita Federal leiloa vibrador e masturbador com lance mínimo de R$ 260

Mais Lidas

Polícia
Homem enforca familiar após piada com derrota do São Paulo para o Flamengo
Polícia
Nem após cometer suicídio jovem escapa de assalto no Jardim Noroeste
Cidade
Foi selecionado? Prefeitura convoca aprovados em dois processos
Geral
Homem fuma maconha, escala montanha e cai de altura de 12 metros; veja vídeo