Menu
Busca sábado, 24 de julho de 2021
(67) 99647-9098
Senai - EAD_senai_graduação
Geral

Sequestrador de Cleveland se matou na prisão, dizem autoridades

04 setembro 2013 - 10h51Via G1
O homem de Cleveland condenado à prisão perpétua pelo sequestro, pelo estupro e pela tortura de três mulheres por mais de 10 anos foi encontrado morto em sua cela na prisão ao sul de Ohio, nos Estados Unidos, nesta terça-feira (03), informou a porta-voz do Departamento Estadual de Reabilitação e Correção, JoEllen Smith.

Ele cometeu suicídio por enforcamento, segundo ela, que não especificou que material foi usado.

Os médicos legistas ainda devem examinar o corpo, informou a porta-voz, acrescentando que mais detalhes serão divulgados.

Ariel Castro, um ex-motorista de ônibus escolar de 53 anos, estava isolado dos demais detentos no presídio de Ohio.

Segundo funcionários da prisão, uma ronda encontrou o sequestrador enforcado por volta das 21h30 (horário local).

Castro foi transferido para um hospital da região e declarado morto cerca de 90 minutos mais tarde, segundo a porta-voz.

De acordo com um porta-voz da instituição à época da prisão, Castro ficava em uma cela 23 horas por dia, com uma hora de recreação, embora também isolado dos demais.

Ariel Castro foi condenado à prisão perpétua, sem direito a liberdade condicional, no dia 1º de agosto.

Ele foi condenado pelos crimes de sequestro das três mulheres, estupro e também por homicídio agravado - por ter forçado uma delas a abortar.

Antes de a sentença ser anunciada, Castro disse não ser o monstro que a promotoria o acusou de ser, afirmou ser um homem doente e disse não ter desculpas para seu comportamento, que classificou como “errado”.

Ele se declarou culpado para evitar a pena de morte.

O chocante caso veio à tona depois que Amanda Berry, de 27 anos, conseguiu escapar do cativeiro com sua filha de 6 anos ao chamar a atenção de um vizinho no dia 6 de maio.

Durante anos, as três mulheres foram mantidas acorrentadas pelos tornozelos dentro da casa de Castro, em um bairro de Cleveland. A casa acabaria destruída.

Sequestradas em incidentes separados aos 20, 16 e 14 anos, as mulheres sofreram espancamentos violentos e estupros frequentes.

Michelle Knight, de 32 anos, engravidou quatro vezes durante seus 11 anos de cativeiro. Castro forçou seus abortos proibindo-a de comer e espancando sua barriga.

Já Berry foi autorizada a levar adiante uma gravidez, dando à luz uma menina em uma piscina de plástico no Natal de 2006.

Gina DeJesus, por sua vez, uma amiga da filha de Castro, tinha apenas 14 anos quando foi sequestrada.
Cruzeiro do Sul - 44 anos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Confira os links de acesso para ver os shows em casa neste sábado
Geral
TJMS anuncia leilão de 77 lotes de veículos
Geral
'Jantar eleitoral': A nova tentativa de golpe com nome de Geraldo Resende
Geral
Idoso sai para ir ao dentista e desaparece em Campo Grande
Geral
Atriz pornô deixou gravação após diretor sugerir cena com cruz
Geral
Governo ajudará a achar solução para perdas com geada
Geral
Murilo segue internado em SP
Geral
Será liberado mais um acesso ao Parque dos Poderes neste sábado
Geral
Joice Hasselman acorda em poça de sangue e diz não saber o que houve
Geral
TJ-MS irá digitalizar 100% dos processos físicos até setembro

Mais Lidas

Polícia
Corpo encontrado em Maracaju é de homem desaparecido em Campo Grande
Polícia
Mulher vai visitar o namorado e morre atacada por seis pitbulls
Polícia
Ladrão causa curto-circuito ao furtar fios de um poste de energia no centro de Campo Grande
Polícia
Vídeo: Entregador filma dados do cartão de cliente para cometer fraudes