Menu
Menu
Busca sexta, 01 de março de 2024
JD1 TV

JD1TV: Diretor-executivo da Sicredi CG fala sobre parceria com profissionais da saúde

A instituição oferece créditos e investimentos que podem trazer sucesso ainda na faculdade

29 setembro 2023 - 17h30Tamires Santana

Na edição do Saúde e Bem-Estar desta sexta-feira (29), o Dr. Plácido Menezes conversou com o diretor executivo do Sicredi, Ronaldo Sorana, que trouxe para o programa, alternativas de negócios que pode revolucionar a vida dos médicos e dentistas do Brasil.

Na ocasião, Ronaldo explicou que, apesar de ser semelhante a outras instituições bancárias, o Sicredi trata-se de uma cooperativa, isso porque a forma de relacionamento da instituição com seus associados é completamente diferente de um banco convencional. “Diferente de um banco no qual você é apenas um correntista que usa os serviços, na nossa instituição, além de ser correntista, ao abrir uma conta no Sicredi, você se torna um dos sócios, isso porque, qualquer correntista também tem parte do nosso capital social”, disse.

O diretor ainda comentou que, uma das maiores preocupações de quem trabalha no Sicredi é o relacionamento com o cliente, tendo em vista que cada pessoa é diferente. “Em um banco tradicional, você usa durante o ano todo, seja o crédito ou as aplicações e ao final do serviço existe o lucro, que nada mais é do que o resultado que a instituição adquiriu durante todo aquele ano. No Sicredi, nós chamamos de resultado positivo ou sobras, e com isso, nós convocamos todos os associados para decidirem o que será feito com ele, e todos os anos, parte desse valor é devolvido para os associados”, explicou.

Durante a conversa, Sorana discorreu sobre uma parceria que está sendo desenvolvida pela instituição, para beneficiar profissionais da saúde recém-formados com créditos e investimentos que podem alavancar suas carreiras. “Muitas vezes, os profissionais já começam a pensar em um futuro consultório quando estão no último ano de faculdade, então, partindo desse ponto, nós oferecemos educação financeira e de empreendedorismo para esses profissionais, e mais do que isso, nós estamos disponibilizando linhas de crédito, tanto para compra de materiais para um consultório, quanto para financiamento de tratamentos para os pacientes com menos condições”, disse.

Representante executivo do Sicredi, Ronaldo ainda falou sobre outras alternativas que a cooperativa oferece, como o cartão black. “Nosso cartão para o público da saúde vai ser isento de anuidade, e dentre inúmeras vantagens, ele fornece quantidade ilimitada de utilização na Sala Vip em viagens, tanto do titular, quanto dos acompanhantes em qualquer lugar do mundo, isso porque, nós temos parcerias nos cinco continentes”, destacou.

Ele ainda explicou acerca das vantagens de solicitar um crédito bancário na hora de abrir o consultório, ao invés de utilizar um dinheiro guardado para capital. “Além de ser mais seguro, essa escolha é mais rentável. Muitas pessoas optam pelo próprio capital com medo de pagarem muitos juros, mas é preciso entender que, todo dinheiro tem custo no mercado. Além disso, ao abrir um negócio, é necessário que você tenha um recurso em caixa, mesmo que não tenha uma rentabilidade alta. Nesse caso, é preferível utilizar um crédito fornecido pelo banco, com mais tempo para pagamento e outras vantagens para iniciar um negócio, e manter aquele seu valor que seria para capital em caixa para outras oportunidades”, esclareceu.

Assista:

 

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Mais Lidas

Aposentado viaja de motor home com a esposa e já percorreu mais de 120 mil km
Geral
Aposentado viaja de motor home com a esposa e já percorreu mais de 120 mil km
Rapaz não teve tempo de ser socorrido
Polícia
JD1TV AGORA: Rapaz é assassinado com vários tiros no Aero Rancho
Polícia 'estoura' galpão cheio de contrabando na Guaicurus, em Campo Grande
Polícia
Polícia 'estoura' galpão cheio de contrabando na Guaicurus, em Campo Grande
As duas foram encaminhadas para a Santa Casa de Campo Grande
Polícia
Bêbadas, mulheres dizem ter sido abandonadas pela PM na BR-163 após suposta abordagem