Menu
Busca quinta, 05 de dezembro de 2019
(67) 99647-9098
Justiça

AO VIVO – STF retoma discussão que pode mudar os rumos da Lava Jato

Análise de tese pode anular sentenças da operação

02 outubro 2019 - 14h14Joilson Francelino

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) retomou há pouco o julgamento de um habeas corpus que pode resultar na anulação de diversas condenações da Lava Jato, caso os ministros confirmem a tese defendida por advogados de que réus delatados tem o direito de apresentar alegações finais nos processos depois de réus delatores. A sessão ocorre desde as 14h.

Na semana passada, por 7 a 3, a maioria do Supremo votou a favor da tese dos defensores, segundo a qual os delatores, por colaborarem com o Ministério Público, devem apresentar suas alegações finais antecipadamente aos delatados.

O entendimento da maioria dos ministros foi amparado no princípio da ampla defesa e do contraditório, previstos na Constituição, apesar de os prazos sucessivos para delatores e delatados apresentarem alegações finais não estar previsto no Código de Processo Penal.

Caso se confirme a decisão nesta quarta-feira (2), as condenações em que as defesas não falaram por último na etapa final do processo poderão ser anuladas, e o processo deverá voltar à fase de alegações finais na primeira instância da Justiça.

Acompanhe:

Athus Ingles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
TJ-MS 40 anos: Entrega de homenagens a personalidades do Estado
Justiça
Bolsonaro assina decreto que protege pessoas que denunciam corrupção
Justiça
TJ atenderá pela manhã nesta quarta
Em razão da comemoração dos 40 anos do Poder Judiciário do MS
Justiça
Criança será indenizada em R$ 5 mil após tomar iogurte com inseto
Justiça
Juiz decreta nova prisão contra Jamil e Jamilzinho
Justiça
Jallad é excluído das testemunhas de defesa de Jamil Name
Justiça
Sérgio Fernandes representa MS no XIII Encontro Nacional do Poder Judiciário
Justiça
TJ nega HC e Jamil segue preso em Mossoró
Justiça
Lei autoriza que cartas enviadas ou recebidas por presos sejam abertas
Justiça
Defesa quer ex-desembargadores testemunhando por Jamil Name

Mais Lidas

Polícia
Baiano Zé de Lessa, líder da facção BDM, é morto pela polícia de MS
Polícia
Duas mulheres e uma adolescente são mortas a tiros
Polícia
Mulher é espancada ao cobrar dívida de funcionária de salão de beleza
Geral
Pague Menos faz promoção enganosa e é pega pelo Procon-MS