Menu
Busca sexta, 15 de janeiro de 2021
(67) 99647-9098
Governo Futebol
Justiça

Assassino de motorista de aplicativo é condenado a 18 anos de prisão

O julgamento aconteceu nesta terça-feira (17), um 1 ano e 6 meses depois de o crime acontecer

17 novembro 2020 - 15h34Brenda Assis, com informações da assessoria

Assassino do motorista de aplicativo Rafael Baron, 24 anos, Igor César de Lima Oliveira, 24 anos, foi condenado a 18 anos de prisão, nesta terça-feira (17). A sentença foi proferida há pouco, pelo juiz Carlos Alberto Garcete de Almeida, da 1ª Vara do Tribunal do Júri.

O julgamento de Igor foi realizado 1 ano e 6 meses após o crime. Rafael foi morto a tiros, na noite do dia 13 de maio de 2019 e, segundo a Polícia Civil, o autor dos disparos teria ficado com ciúmes, somente porque o rapaz conversava com a esposa do suspeito durante o trajeto, chegando a fazer três perguntas a mulher. Na época, manifestações chegaram a ser feitas pedindo justiça por Rafael.

A decisão do juiz levou em consideração o que ficou definido pelo Conselho de Sentença, que decidiu por todas as teses da defesa e condenar Igor por homicídio doloso qualificado por motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima, além de porte ilegal de arma de fogo.

Pelo homicídio, Igor foi condenado a 15 anos de prisão, levando em consideração a pena mínima, de 12 anos, e as duas qualificadoras. Já por porte ilegal de arma, foi condenado a 3 anos, totalizando 18 anos de prisão em regime fechado.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Eleitor tem até esta semana para justificar ausência no 1º turno
Justiça
Luísa Sonza é processada por suposto ato racista e nega as acusações
Justiça
Dois anos depois, ex-diretor do Hospital Regional é inocentado
Justiça
Sem provas, MPE inocenta Jamil Name e conselheiro do TCE da morte de delegado
Justiça
Consórcio Guaicurus terá que pagar R$ 10 mil a idosa que se machucou no ônibus
Justiça
Empresária acusada de racismo paga R$ 10 mil e "se livra" da cadeia
Justiça
STF decide que amante não tem direito de dividir pensão com viúva
Justiça
Advogados peticionam contra "lentidão" no TJ, que se diz "surpreso"
Justiça
Vice-presidente do TJMS recebe homenagem no COPEJE
Justiça
Assassino do menino Kauan deve pagar R$ 100 mil a outra vítima de abusos

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio