Menu
Busca domingo, 20 de janeiro de 2019
(67) 99647-9098
PMCG Balanço super banner
Justiça

“Morte de Marielle está ligada a milícias”, reforça procurador-geral

A morte da vereadora completa hoje dez meses; a investigação segue em sigilo

14 janeiro 2019 - 15h52Da redação com informações da Agência Brasil

O procurador-geral de Justiça do estado do Rio de Janeiro (MP-RJ), Eduardo Gussem, disse nesta segunda-feira (14) não ter dúvidas de que o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e seu motorista Anderson Gomes, está relacionado a grupos de milicianos.

Gussem discursou ao ser reconduzido ao cargo para mais dois anos de mandato à frente do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. "Não tenho dúvidas em afirmar que o caso Marielle e Anderson Gomes está relacionado a essas organizações criminosas", disse ele.

O assassinato completa hoje dez meses e segue em investigação sigilosa na Polícia Civil e no próprio Ministério Público Estadual. Gussen afirmou que as milícias representam "uma forma perversa de plantar o terror e o medo na sociedade" e destacou que, quando confrontadas pelo aparato estatal, elas reagem "com severos ataques a bens públicos e ameaças às autoridades".

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
João Fava Neto é considerado foragido da Justiça
Justiça
Justiça aceita denúncia de estupro de vulnerável contra João de Deus
Justiça
PF pede 90 dias para dizer quem pagou defesa de Adélio
Justiça
Promotoria apresenta segunda denúncia contra João de Deus
Justiça
Decisão do STF não contempla fábrica de fertilizantes de MS
Justiça
Ministério Público Estadual será fiscalizado pela Corregedoria do CNMP
Justiça
Justiça determina que ex-secretário de Délia retorne à prisão
Justiça
Justiça Itinerante da capital retorna aos atendimentos na segunda
Justiça
Justiça determina a retomada de concurso da Polícia Civil
Justiça
MPF pede condenação de Rodrigo da Rocha Loures

Mais Lidas

Geral
Idoso atira na esposa e morre no Inferninho
Clima
Temperaturas devem cair no fim de semana em todo o MS
Polícia
Ao tentar furtar carro, homem é linchado e amarrado por moradores
Geral
Estudante de medicina morre após parada cardiorrespiratória