Menu
Busca sexta, 14 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Justiça

MPF de Ponta Porã encerra atividades com medo da violência local

Medida não teve maior esclarecimentos divulgados pelas autoridades responsáveis

10 janeiro 2020 - 13h51Da Redação

Com receio da violência das facções criminosas e sem esclarecimentos, o Ministério Público Federal fechou desde essa quarta-feira (8) sua unidade no Centro de Ponta Porã, a 315 km de Campo Grande.  

A unidade da fronteira do Brasil com o Paraguai fechou as portas e será transferida para o município de Dourados, a 230 km de Campo Grande, mas também sem previsão de data.

O MPF não esclareceu a motivação da saída repentina e disse que mudança será por três anos. “o Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF) decidiu a mudança provisória da PRM de Ponta Porã para a unidade de Dourados, com a validade de três anos. A Associação dos Juízes Federais de Mato Grosso do Sul recorreu da decisão, mas o recurso foi indeferido pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP)".

No local onde funcionava o Ministério, não tem nenhum comunicado na porta e só tem o segurança de uma empresa particular, designado a cuidar do imóvel.

De acordo com a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), que tentou barrar a medida de transferência da unidade, mas sem sucesso, nessa transferência do MPF, o cálculo não é o mais "realístico possível" e desconsideram gastos com a logística de transporte, indenizações e ajuda de custo para as mudanças dos servidores e membros do Ministério Público Federal.

A Ajufe ainda informou que a decisão da Justiça Federal também foi alvo de atitudes suspeitas, "o que deve ser levado em consideração para fortalecer o Poder Público da região, mas não dissipá-lo".

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
STJ manda Queiroz de volta para a cadeia
Justiça
Servidor desviava materiais da Sefaz para vender
Justiça
Atacadão pagará R$ 15 mil a cliente acusado de furtar tequila
Justiça
Paraguai não acha provas contra Ronaldinho e ex-jogador pode ser inocentado
Justiça
“Se não contermos a pandemia, colapso na Saúde é invitável”, diz defensor-geral de MS
Justiça
AO VIVO: Audiência de “fechamento” termina sem acordo
Justiça
AO VIVO: Audiência do “fechamento”, o que pensam as partes?
Justiça
Juiz barra presença de vereador em reunião de conciliação
Justiça
Indústria terá assento em audiência amanhã sobre “fechamento” da capital
Justiça
Justiça: Drogasil terá que indenizar cliente por assédio de atendente

Mais Lidas

Saúde
Fiéis oram em frente a Hospital por pastor enfermeiro com coronavírus
Polícia
Motorista que estava “desaparecido” é encontrado morto em motel
Polícia
Mistério! Empresário desaparece “só com a roupa do corpo” na capital
Polícia
AO VIVO - Homem tenta se matar no Cophavilla