Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(67) 99647-9098
Justiça

Nomeação de Alexandre Magno para comandar o MP sai amanhã

Decreto 376, nomeando o novo procurador-geral de Justiça, já foi assinado pelo governador

07 abril 2020 - 17h25Joilson Francelino

A nomeação do promotor de Justiça, Alexandre Magno Lacerda, como procurador-geral de Justiça (PGJ), de Mato Grosso do Sul, será publicada nesta terça-feira (8), no Diário Oficial do Estado (DOE).

Magno foi escolhido pelo governador Reinaldo Azambuja para chefiar o Ministério Público de Mato Grosso do Sul no biênio 2020/2022, após vencer seus colegas Paulo César Zeni e Ricardo de Melo Alves, na eleição da lista tríplice ocorrida na última sexta-feira (3). A nomeação de Alexandre já tinha sido antecipada pelo JD1 Notícias no dia da eleição.

A posse do novo procurador-geral de Justiça está prevista para o dia 4 de maio. Magno será o primeiro promotor de Justiça a comandar o MP-MS. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Justiça obriga empresa a pagar r$ 2 mil à aluno que não recebeu aulas do curso
Justiça
Comitê atua por melhorias na justiça de primeiro grau
Justiça
Ary Raghiant Neto será empossado Vice-Presidente do Conselho de Colégios da OAB do Mercosul
Justiça
Marelli prostesta título quitado e deve pagar R$ 10 mil por danos morais a cliente
Justiça
PF mira Roberto Jefferson, blogueiro, deputado de SP e empresário Luciano Hang
Justiça
“Quem desvia dinheiro público em meio à pandemia, é sociopata”, diz procurador-geral
Justiça
Ladário: Justiça suspende decreto que previa orações para conter pandemia
Justiça
Ao vivo: JD1 entrevista o novo Procurador-Geral de MS, Alexandre Magno
Justiça
CPI acusa Energisa de alterar resolução da Aneel para barrar perícia
Justiça
Assembleia fechará semestre em home office

Mais Lidas

Justiça
Justiça obriga empresa a pagar r$ 2 mil à aluno que não recebeu aulas do curso
Polícia
Adolescente é flagrado com drogas e armas
Economia
Estados Unidos anuncia a doação de mais US$ 6 milhões ao Brasil
Internacional
Macacos 'assaltam' laboratório e levam exames de sangue com coronavírus