Menu
Busca sexta, 18 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Sebrae - Portas Abertas
Justiça

TCU determina devolução de auxílio recebido por militares

Cerca de 73,2 mil integrantes das Forças Armadas receberam R$ 600 de forma indevida

13 maio 2020 - 18h10Flávio Veras, com informações da Agência Brasil

O ministro Bruno Dantas, do Tribunal de Contas de União (TCU), determinou hoje (13) que os militares acusados de receber irregularmente o auxílio emergencial de R$ 600 devolvam os valores aos cofres públicos. Pela decisão, novos pagamentos ao grupo também devem ser suspensos imediatamente. 

As irregularidades foram detectadas após os ministérios da Defesa e da Cidadania realizarem um cruzamento de dados e identificarem que 73,2 mil militares ativos, inativos, temporários, pensionistas e anistiados receberam a ajuda do governo. 

Bruno Dantas também determinou que o ressarcimento seja feito de forma urgente. A decisão foi motivada por um pedido de providências feito por uma secretaria interna do TCU. 

“Ademais, em que pese o ânimo do Ministério da Defesa em apurar individualmente cada caso e a declarada intenção de restituir os montantes recebidos indevidamente, é imprescindível que haja urgência nesse ressarcimento, inclusive com adoção de providências necessárias pelo Ministério, como a glosa na folha de pagamento”, decidiu. 

Em nota divulgada ontem (12), o Ministério da Defesa informou que investiga a irregularidade e garantiu que os valores recebidos indevidamente serão restituídos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Anhanguera deverá indenizar ex-aluna por cobrança indevida
Justiça
Ministério Público move ação contra contrato do Consórcio Guaicurus
Justiça
Mutirão DPVAT: 1.787 processos podem ser finalizados em 2020
Justiça
Judiciário retoma gradativamente as atividades presenciais nesta terça
Justiça
Juiz ouve testemunhas de acusação do assassinato de Carla nesta terça
Justiça
Justiça proíbe Globo de divulgar detalhes da investigação de Flávio Bolsonaro
Justiça
Justiça determina que filhos de Flordelis fiquem em presídios separados
Justiça
Ministério Público prorroga regime diferenciado de trabalho
Justiça
Atacadão indenizará cliente que comprou linguiça com larva
Justiça
Justiça impede pais de visitarem filhos, vítimas de violência

Mais Lidas

Oportunidade
Funtrab oferta 414 vagas de trabalho na capital nesta sexta; confira
Geral
Aos 24 anos, morre repórter da Globo Kaio Amaral
Polícia
PMA autua pela segunda vez nas últimas 24 horas usina sucroenergética em R$ 408 mil
Vídeos
Motorista de aplicativo é acusado de furto