Menu
Busca quarta, 15 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
Polícia

GAECO prende 17 durante “Operação Fim da Rota”

Os presos fazem parte de uma organização que atua no tráfico de drogas na fronteira

26 maio 2020 - 11h50Gabriel Neves

Dezessete integrantes de uma organização criminosa que atua no tráfico de drogas na região de fronteira em Mato Grosso do Sul foram presas na manhã desta terça-feira (26), durante a “Operação Fim da Rota”, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco).

Foram cumpridos17 mandados de prisão preventiva e 11 de busca e apreensão nas cidades de Ponta Porã, Rio Brilhante, Antônio João, Três Lagoas, Dourados e Uberlândia (MG).

De acordo com o Ministério Público de MS (MPMS), as investigações tiveram início com informações vindas do GAECO de Minas Gerais. O GAECO de Mato Grosso do Sul realizou as investigações e prendeu todos os membros da organização durante a operação de hoje, que contou com o apoio da Polícia Militar.

Segundo o MPMS, os líderes da organização criminosa foram mortos na semana passada em confronto com a Polícia Militar.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
“Encontraram o monstro”, diz primo de Carla sobre assassino
Polícia
Ex-patroa é denunciada por abandono de incapaz que resultou em morte
Polícia
Comerciante foi morta porque reconheceu voz de ex-funcionário, diz investigação
Polícia
Operação prende autores de duplo homicídio ocorrido há 11 anos
Polícia
Suspeito de matar dona de restaurante é preso e já foi garçom da vítima
Polícia
Mãe descobre estupro após criança dizer “o tio que colocou a pingola aqui”
Polícia
É golpe! Mulher acredita ter ganhado jantar no Outback, mas perde whatsapp
Polícia
Tentando transportar agrotóxicos em pneu de caminhão, motorista é preso pelo DOF
Polícia
Sargento é encontrada morta e ex-marido é principal suspeito
Polícia
Homem finge pedido de ajuda para chamar bombeiros de “merdas”

Mais Lidas

Polícia
“Encontraram o monstro”, diz primo de Carla sobre assassino
Polícia
Ex-patroa é denunciada por abandono de incapaz que resultou em morte
Saúde
MP solicita inspeção em frigoríficos no interior
Polícia
Comerciante foi morta porque reconheceu voz de ex-funcionário, diz investigação