Menu
Busca segunda, 06 de fevereiro de 2023
(67) 99647-9098
Polícia

JD1TV: Mulher é esfaqueada na frente dos filhos no Dom Antônio

Mulher não resistiu aos ferimentos e morreu na tarde desta quinta-feira

17 março 2022 - 18h17Pedro Molina e Brenda Assis
Sebrae Materia

A doméstica e dona de casa Eloisa Rodrigues, de 36 anos, que foi esfaqueada 4 vezes pelo ex-marido, Fabiano Quirino, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. A vítima, que já sofria agressões tanto físicas quanto verbais, fez um boletim de ocorrência contra o acusado, que saiu da casa mas continuou ameaçando a mulher de morte.

Segundo relatos de vizinhos da vítima, Eloisa tinha chamado a polícia e prestado queixa contra o ex-marido após o homem ter agredido o filho de 2 anos do casal e o filho dela, de 9 anos de idade, fruto de um relacionamento anterior.

Ao JD1 Notícias uma das vizinhas da vítima relatou o sofrimento que a mulher passava com o seu ex-marido, que de acordo com ela, era usuário de droga.

“Ela falou pra mim que chamou a polícia pra tirar ele dali por que ele foi violento, começou a usar droga, ameaçava ela, e ela tinha muito medo dele, por que ela não contava pra nós, ele vinha aí e ficava só trancada lá dentro, ninguém via ela na rua”, disse a vizinha.

Ela trabalhava de limpeza, deixava as crianças numa babá, saia daqui às 5 horas da manhã”, relembrou a vizinha, destacando a dedicação da vítima ao seu trabalho.

Decida a não reatar o casamento, as vizinhas contam que Fabiano vinha perseguindo Eloisa desde a tarde de quarta-feira (16), e horas antes do crime, abordou a vítima na esquina da casa dela, de forma estranha.

“Quando foi ontem, ela vinha vindo e ele cercou ela lá na esquina, e eu fiquei olhando. Ela queria falar alguma coisa, mas ela não falava de medo dele, ela queria falar, mas ele não deixava”, relatou a vizinha.

“Ontem eu vi o desespero no olhar dela, eu via assim, e falei ‘Meu deus, o que esse homem tá fazendo aqui?’, e ele disfarçava direitinho”, completou.

A vizinha ainda disse que o homem havia dito que arrancaria a cabeça de Eloisa fora.

“A gente que é morador também corre risco, por que isso é um maníaco”, disse outra vizinha da vítima demonstrando preocupação com sua segurança.

Os filhos da mulher também relataram que o padrasto puxava os cabelos de sua mãe.

"O que vai ser dessas crianças agora sem a mãe, o pai é um psicopata", relatou outra vizinha da mulher, emocionada.

Ainda de acordo com os moradores da região, a faca ainda está na casa, com o sangue ainda no chão.

Assista:

 

Sebrae Materia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Passageiros de ônibus são presos com mais de 20 kg de cocaína
Polícia
Rapaz é preso após quase atropelar policial durante abordagem em MS
Polícia
Idoso é preso após tentar matar o 'amigo' durante discussão em Ponta Porã
Polícia
Polícia fecha boca de fumo e prende quatro envolvidos no Parque Lageado
Polícia
JD1TV: Depoimento de motorista de aplicativo desmente relato da mãe de Sophia
Polícia
Pai de Sophia relatou maus-tratos um ano antes da morte, mas desistiu da denúncia
Polícia
Delegada revela que mãe e padrasto de Sophia planejaram mentir para a polícia
Polícia
Homem recebe facada na cabeça e quase é atropelado após briga no Noroeste
Polícia
Ladrões são presos após roubar carro e causar acidente na Gunter Hans
Cidade
Homem foge de hospital enquanto recebia atendimento na Capital

Mais Lidas

Polícia
JD1TV: Corpo é queimado em meio ao lixo no Santa Emília
Polícia
Queimado no Santa Emília foi "embrulhado" em sofá para ser carbonizado
Polícia
Jovem é esfaqueado e tem vísceras expostas no Itamaracá
Polícia
Esfaqueamento no Jardim Itamaracá foi motivado por ventilador roubado