Menu
Busca sexta, 03 de abril de 2020
(67) 99647-9098
TJMS Topo
Polícia

Jovem morre fuzilado e mulher é ferida por estilhaços

João Hirakawauchi levou mais de 50 tiros dentro do carro, e Cláudia Froes que estava perto do local foi ferida por estilhaços de vidro

18 novembro 2019 - 09h15Sarah Chaves, com MS em Foco

O jovem João Vitor Barrios Hirakawauchi, 19 anos, morreu fuzilado na noite de domingo (17), na avenida Brasil em frente ao restaurante Casarão de Ponta, em Ponta Porã.

João Vitor já teria sido preso na última semana durante uma operação das policias Civil e Militar, juntamente com outras três pessoas, sendo uma delas a mãe dele Rosália Lopes.

A vítima estava dirigindo pela avenida, ao lado da Linha Internacional, quando três homens em um carro se aproximaram dele e dispararam mais de 50 tiros de fuzil.

Segundo a polícia, uma pessoa que passava pela calçada nos fundos da pista do aeroporto e uma jovem identificada como Cláudia Daniela Froes Silva, 25 anos ficaram feridas e foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Regional de Ponta Porã.

De acordo com o boletim de ocorrência, não se sabe se Cláudia estava com João Vitor no momento do crime ou se apenas se encontrava próxima ao local e teria sido afetada pelos disparos.

Claúdia foi transferida em uma viatura do SAMU para o Hospital da Vida em Dourados, com ferimentos de estilhaço nas pernas e nos braços, e existe a possibilidade, dependo da gravidade do caso dela ser trazida para a Santa Casa de Campo Grande.

Envolvimento com o crime

Na última quarta-feira João Vitor, a mãe dele Rosália Lopes, Marcos Vargas de Moraes de 35 anos e Ângela Daiane Ramires de 25 anos foram presos em uma operação das policias civil e militar acusados de envolvimento em assaltos e roubos na região de fronteira.

Com eles foram apreendidas três pistolas 9 milímetros, munições e um fuzil calibre 556, dois carregadores e 51 munições de fuzil. A operação aconteceu em duas residências sendo uma localizada no bairro da Granja e outra no Jardim Marambaia.

Os policiais apreenderam também algumas anotações, celulares e notebooks pertencentes aos quatro presos. Eles foram levados para o 2º Distrito Policial de Ponta Porã onde foram acusados de posse ilegal de arma de fogo e associação criminosa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
"Se eu for preso eu te mato", diz marido após espancar e esganar a esposa
Polícia
Vítima de feminicídio, jovem é esfaqueada até a morte pelo marido
Polícia
Família procura adolescente de 16 anos desaparecido
Polícia
Homem é preso visitando mulher que ele mesmo agrediu
Polícia
Homem tenta matar mulher e é preso ao visitá-la em hospital
Polícia
Ladrão tenta roubar apartamento com arma de brinquedo e é preso por policial
Polícia
Mulher tem bicicleta de 5 mil roubada próximo a Câmara Municipal
Polícia
Vídeo - Ladrão furta celular de dentro de carrinho de bebê na capital
Polícia
Dupla coloca arma na cabeça de motorista de aplicativo e rouba carro
Polícia
Jovem é denunciado pelo pai após furtar TV em troca de drogas

Mais Lidas

Geral
Ajude a encontrá-la: Letícia Praeiro sumiu há dois dias no Cohab
Justiça
Alexandre Magno comandará MP em MS
Geral
Uems realizará campanha de doações à famílias vulneráveis
Economia
Governo vai usar aplicativo para cadastro do auxílio de R$ 600