Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Polícia

Pai suspeito de estuprar filha de dois anos é preso em Três Lagoas

O caso corre em segredo de Justiça

06 fevereiro 2019 - 10h15Graziella Almeida com JP News

Um homem de 40 anos, foi preso preventivamente suspeito de estuprar a própria filha de dois anos, em Três Lagoas. O caso foi registrado na Delegacia da Mulher (DAM) e segue em segredo de Justiça.

Segundo informações do site JP News, a criança reclamava de dores na região intima e relatou aos familiares que o pai a teria tocado. A queixa chegou até Polícia, que apura as informações com precisão.

Conforme a delegada Patrícia Peixoto, a menina começou se comportar de forma anormal e auto-estimulando as partes intimas. O caso segue sendo investigado e a criança passa por exames médicos periciais. O homem teve a prisão definida desde dia 1º de fevereiro.

A redação do JD1 Noticias entrou em contato com DAM e procurou pela Delegada Patrícia Peixoto, que disse que não poderia dar mais informações sobre o caso. 

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Ministério do Desenvolvimento libera R$ 581 mil para Coronel Sapucaia
Polícia
Guarda municipal responsável pelo transporte de arsenal é preso
Polícia
Relatório da Sinesp aponta redução no índice de criminalidade no país
Polícia
Cobertores e edredons chegam a ter variação de 1000% no preço
Polícia
Arsenal de armas é apreendido em Campo Grande
Polícia
Mulher se esfaqueia para separar briga entre filho e namorada
Polícia
Troca de tiros termina com homem morto e PM ferido
Polícia
Motorista de aplicativo tem carro roubado e devolvido por falso passageiro
Polícia
Travesti é encontrada morta na madrugada deste domingo
Polícia
Dois homens são presos com carro roubado em Três Lagoas

Mais Lidas

Polícia
Travesti é encontrada morta na madrugada deste domingo
Cidade
Inscrições para sorteio de apartamentos na capital encerram terça-feira
Polícia
Troca de tiros termina com homem morto e PM ferido
Educação
Estão abertas as Inscrições para o Encceja