Menu
Menu
Busca sexta, 12 de julho de 2024
Secovi - Julho24
Polícia

Policial morto estaria envolvido em esquema de tráfico e roubo junto com o sargento

Os dois foram identificados como Cabo Almir e o Sargento Santos, do 10° Batalhão da Polícia Militar

21 junho 2024 - 22h11Brenda Assis e Luiz Vinícius     atualizado em 21/06/2024 às 22h20

Foi identificado como Cabo Almir o policial militar morto em confronto com o Batalhão de Choque. Lotado no 10° Batalhão de Campo Grande, ele estaria envolvido em um esquema de tráfico de drogas e roubo na Capital. O confronto aconteceu na tarde desta sexta-feira (21), na Vila Bordon. 

O sargento preso, identificado apenas como Santos, era lotado no mesmo batalhão do cabo. Ele também era integrante da organização criminosa. Segundo nota da Polícia Militar, ele será enviado para o Presídio Militar Estadual. 

Ainda segundo o texto, "todos os procedimentos legais foram tomados, as providências de Polícia Judiciária Militar foram realizadas". Junto com os criminosos foram aprendidas duas armas de fogo e uma grande quantidade de drogas. 

A Polícia Militar destacou ainda que os militares envolvidos no crime não estavam em serviço. A conduta dos dois será investigada por meio de um Inquérito Policial Militar. 

Dois mortos - Além do cabo da PM, um homem ainda não identificado morreu depois de ser baleado durante confronto com o Choque.

A troca de tiros aconteceu Rua Cláudio Augusto com Rua Caio Graco, na Vila Bordon (segundo o Google Maps).

O JD1 Notícias segue apurando os fatos do confronto. Hoje, enquanto o Choque fazia investigação sobre o caso, tentou abordar um veículo quando o confronto aconteceu. O outro baleado e morto durante a troca de tiros, não teria ligação com a Polícia Militar, sendo tratado apenas como um desconhecido. 

Os dois baleados foram levados para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Santa Mônica, morrendo logo após dar entrada na unidade de saúde. 

Equipes do Choque, da PM, da Polícia Civil e da Perícia, estão no local onde o confronto aconteceu, fazendo as apurações sobre o caso.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Caso foi registrado na Depac Cepol
Polícia
Mãe é presa por desacato ao fazer barraco em escola para defender o filho na Capital
Três pessoas ficaram feridas durante o acidente, sendo socorridos pelo Corpo de Bombeiros
Polícia
Caminhonete capota várias vezes após motorista bater em barranco na BR-419
JD1TV - Gado agoniza até morrer de frio em fazenda de Tacuru: 'Tudo morto'
Polícia
JD1TV - Gado agoniza até morrer de frio em fazenda de Tacuru: 'Tudo morto'
Imagem Ilustrativa
Polícia
Funcionário de hotel é morto a facadas em Ponta Porã
Pai é preso por estuprar e matar o filho de apenas 7 meses
Polícia
Pai é preso por estuprar e matar o filho de apenas 7 meses
Caso foi registrado na Depac Cepol
Polícia
Homem pede inquilino sair de casa alugada e é ameaçado de morte no Coophavila II
Homem morre queimado ao acender cigarro no fogão de casa no Nova Lima
Polícia
Homem morre queimado ao acender cigarro no fogão de casa no Nova Lima
Caso foi registrado na Depac Cepol, em Campo Grande
Polícia
Jovem é esfaqueado no pescoço e socorrido em estado grave no Lageado
Mulher usou mensagem em aplicativo de entrega de comida para pedir socorro
Polícia
Vítima de estupro pede socorro por meio de aplicativo de entrega de comida: 'Me ajuda'
Casa pega fogo e fica parcialmente destruída em Corumbá
Polícia
Casa pega fogo e fica parcialmente destruída em Corumbá

Mais Lidas

Tempo amanheceu nublado e característico de frio
Clima
Nova frente fria desembarca em MS trazendo ainda mais instabilidade
O caso foi registrado na Depac Cepol em Campo Grande
Justiça
Juiz determina que Cepol receba flagrantes de tráfico de drogas
Caso foi registrado na Depac Cepol, em Campo Grande
Polícia
Jovem denuncia ameaças sobre cobranças e agiota é preso em Campo Grande
Clima ficará ameno com a passagem da frente fria
Clima
Frio se mantém mesmo com máximas voltando a subir em MS nesta quinta-feira