Menu
Busca terça, 22 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Governo - Feminicidio
Polícia

TJMS nega pedido de HC dos envolvidos na "Operação Pregão"

Defesa dos acusados vai apelar para o Superior Tribunal de Justiça

04 dezembro 2018 - 14h15Da Redação com Douradosagora

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS) negou, por unanimidade, o pedido de liberdade aos quatro presos preventivamente na "Operação Pregão", desencadeada no dia 31 de outubro em Dourados. As informações foram confirmadas pelo advogado Maurício Rasslan, que atua na defesa dos envolvidos. 

João Fava Neto, ex-secretário de Fazenda do governo Délia Razuk (PR) permanece preso no Presídio Militar de Campo Grande, a vereadora Denize Portollan (PR) segue no Presídio Feminino de Rio Brilhante, enquanto o ex-diretor de licitações da prefeitura, Anilton Garcia de Souza e o empresário Messias José da Silva, estão na Penitenciária Estadual de Dourados (PED).

De acordo com Maurício Rasslan, o caminho agora é apelar ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) através de recurso ordinário constitucional. 

Vai di Vinho

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Jovem perde R$ 5,9 mil ao comprar iPhone por Instagram hackeado
Polícia
Suspeitos de roubo em supermercado são detidos quando planejavam assaltar joalheria
Polícia
Morto a facadas durante churrasco, foi assassinado por ciúmes de ex
Polícia
Policiais se deparam com loja arrombada e prendem ladrão em flagrante
Polícia
Casal tem carro roubado após anunciar veículo no Facebook
Polícia
Bandido morre após tentar assaltar policial
Polícia
Tráfico: Polícia prende duas pessoas no Jardim Itamaracá
Polícia
Preso por pesca predatória é autuado em quase R$ 2 mil
Polícia
Vídeo: PF segue investigando a morte de 18 animais no Pantanal
Polícia
Em crise de abstinência, jovem joga cadeira na mãe

Mais Lidas

Geral
Foi convocado? Agehab divulga lista de beneficiários para ocupação de imóveis
Polícia
Menina de 11 anos era estuprada pelo pai no trajeto da igreja
Polícia
Bandido morre após tentar assaltar policial
Geral
Morta pelo marido, Lindinalva era professora e deixa dois filhos