Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Polícia

TJMS nega pedido de HC dos envolvidos na "Operação Pregão"

Defesa dos acusados vai apelar para o Superior Tribunal de Justiça

04 dezembro 2018 - 14h15Da Redação com Douradosagora

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS) negou, por unanimidade, o pedido de liberdade aos quatro presos preventivamente na "Operação Pregão", desencadeada no dia 31 de outubro em Dourados. As informações foram confirmadas pelo advogado Maurício Rasslan, que atua na defesa dos envolvidos. 

João Fava Neto, ex-secretário de Fazenda do governo Délia Razuk (PR) permanece preso no Presídio Militar de Campo Grande, a vereadora Denize Portollan (PR) segue no Presídio Feminino de Rio Brilhante, enquanto o ex-diretor de licitações da prefeitura, Anilton Garcia de Souza e o empresário Messias José da Silva, estão na Penitenciária Estadual de Dourados (PED).

De acordo com Maurício Rasslan, o caminho agora é apelar ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) através de recurso ordinário constitucional. 

Rota do Pantanal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Marido acorda sem a esposa ao lado e encontra mulher morta dentro de um poço em MS
Polícia
Mesmo com tráfego normal na BR-262, motoristas devem ficar atentos
Polícia
Exército instrui guardas a usarem espingarda calibre 12
Polícia
Após agredir a esposa, homem ameaça policiais com pedaço de pau
Polícia
Ginecologista que assediava pacientes durante consultas é indiciado pela polícia
Polícia
Homem é esfaqueado nas costas durante briga na antiga rodoviária
Polícia
Marido sente falta da esposa e horas depois a encontra morta dentro do poço
Polícia
Três dias após desaparecer, adolescente é encontrado enterrado perto de casa
Polícia
Após dar 6 facadas no ex, mulher vai prestar solidariedade e acaba presa
Polícia
Motociclista morre em colisão frontal em cruzamento na capital

Mais Lidas

Cidade
AJUDE: Após sobreviver à descarga elétrica, Rafa terá pastelada para pagar tratamento
Geral
Reinaldo retoma atividades presenciais após quarentena
Polícia
Marido acorda sem a esposa ao lado e encontra mulher morta dentro de um poço em MS
Brasil
Michelle Bolsonaro quer tirar do ar música “Micheque”, do Detonautas