Menu
Busca quinta, 09 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
Política

Caso Larissa Gomes: jovem pode ter sido estrangulada

Essa constatação foi divulgada nesta terça-feira (4), após a emissão da certidão de óbito

04 dezembro 2018 - 14h31Da Redação com Correiodamanhã

A Larissa Gomes de Souza, 23 anos que foi encontrada enforcada em sua residência no último domingo pode ter sido assassinada. Essa nova hipotése apareceu nesta terça-feira (4), após a emissão da certidão de óbito que revelou que a vítima pode ter sido estrangulada. 

A jovem foi encontrada morta pelo próprio filho, de 4 anos, enforcada com um cabo de antena. De acordo com o site Correio da Amanhã, ela teria feito postagens em suas redes sociais antes da sua morte. De acordo com a polícia, o caso estava sendo tratado inicialmente como suicído. Segundo familiares ela não era depressiva, mas de fato já havia levantado, em outras ocasiões, a possibilidade de se matar    

Confira a certidão de óbito

O Caso

Larissa teria ido à um bar com amigos por volta das 17h de sábado (1º), chegando de madrugada em casa. A mãe da vítima, ainda teria ouvido o barulho do sofá sendo arrastado por volta das 3h, mas não se alarmou, pois Larissa usava o móvel para manter a porta fechada.

Segundo a irmã da vítima, Larissa estava tendo um relacionamento, mas não soube explicar o paradeiro do namorado, nem mesmo onde poderia ser encontrado. Em seu perfil no  Facebook, ela havia postado que estava solteira, antes de ser encontrada morta.

Nas redes sociais ela também postou que tinha "Medo de se matar e as pessoas começarem a judiar dos seus filhos" e em seguida disse que na manhã seguinte seria "só saudades". A família da vítima diz desconhecer qualquer razão para Larissa ter cometido suicídio. A jovem deixou três filhos.

Larissa teria ido à um bar com amigos por volta das 17h de sábado (1º), chegando de madrugada em casa. A mãe da vítima, ainda teria ouvido o barulho do sofá sendo arrastado por volta das 3h, mas não se alarmou, pois Larissa usava o móvel para manter a porta fechada.

Segundo a irmã da vítima, Larissa estava tendo um relacionamento, mas não soube explicar o paradeiro do namorado, nem mesmo onde poderia ser encontrado. Em seu perfil no  Facebook, ela havia postado que estava solteira, antes de ser encontrada morta.

Nas redes sociais ela também postou que tinha "Medo de se matar e as pessoas começarem a judiar dos seus filhos" e em seguida disse que na manhã seguinte seria "só saudades". A família da vítima diz desconhecer qualquer razão para Larissa ter cometido suicídio. A jovem deixou três filhos.

PMCG Refis

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Paulo Corrêa testa positivo para coronavírus
Política
Dourados fecha bares e academias por dez dias
Política
“Vírus é muito letal ao sistema de saúde”, alerta Mandetta em audiência na capital
Política
Senado aprova indenização a profissional de saúde afetado pela covid-19
Política
Em encontro com Maia, Entregadores de aplicativos pedem direitos e anunciam paralisação dia 25
Política
Teich critica retomada da economia e fala “em espera de um milagre”
Política
Capital tem 77% dos leitos ocupados, alerta Marquinhos
Política
Vizinhos espancam homem suspeito de estuprar enteada de 2 anos
Política
CPI da Energisa deve retomar investigações em setembro
Política
Câmara de vereadores aprova prorrogação do Refis para até 5 de agosto

Mais Lidas

Geral
Carretas colidem, pegam fogo e deixam vítima fatais em MS
Cidade
“Músicos podem trabalhar durante o dia”, diz Marquinhos
Cultura
Bandas do MS transmitirão na capital live 'Mundial do Rock'
Política
Paulo Corrêa testa positivo para coronavírus