Menu
Busca segunda, 09 de dezembro de 2019
(67) 99647-9098
TJMS Dezembro-19
Política

Eduardo Cunha pede prisão domiciliar

Ex-presidente da Câmara dos Deputados está preso desde 2016

03 dezembro 2019 - 15h37Vitória Ribeiro, com informações Veja

Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara dos Deputados, apresentou na segunda-feira (02), à Justiça do Rio de Janeiro, um pedido para cumprir o restante da pena em regime domiciliar, sob alegação de um quadro de aneurisma cerebral. Cunha está preso desde 2016 no âmbito da operação Lava Jato em que foi condenado a 14 anos e seis meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Eduardo supostamante receber 1,5 milhão de dólares de propina na compra de um campo petrolífero da Petrobras em Benin, na África. Em maio deste ano, Cunha foi transferido de uma cela em Curitiba para o Rio de Janeiro, atendendo a uma solicitação da defesa para que ficasse mais próximo da família.

Eduardo Cunha foi deputado estadual pelo Rio de Janeiro de 2001 a 2003 e deputado federal de 2003 a 2016. Foi presidente da Câmara dos Deputados por pouco mais de um ano e foi o responsável por encaminhar o pedido de impeachment à ex-presidente Dilma Rousseff.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Bolsonaro diz que seu governo honra militares e respeita o povo
Política
Governo prevê ampliar cobertura do Bolsa Família
Política
Bolsonaro publica revogação de decisão que excluía atividades de MEI
Política
Brasil e Paraguai terão livre comércio de automóveis
Política
Azambuja debate democracia em Congresso Nacional
Política
Vídeo - Dilma é vaiada em voo
Política
“Temos um governador de bom senso”, diz Marquinhos sobre Reinaldo
Política
Governo paraguaio licita projeto para ponte no Rio Paraguai
Política
Trutis afirma no Twitter ser contra Flávio Bolsonaro no Aliança
Política
Vídeo - Frota leva bolo ao congresso para comemorar 1 ano do caso Queiroz

Mais Lidas

Geral
Ninguém acerta e mega-sena acumula em R$25 milhões
Polícia
Mecânicos são presos por pesca em piracema
Política
Bolsonaro diz que seu governo honra militares e respeita o povo
Política
Governo prevê ampliar cobertura do Bolsa Família