Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Política

Força Aérea poderá abater aviões hostis durante posse de Bolsonaro

Medida é inédita em posses presidenciais; palavra final caberá ao comandante da Aeronáutica

28 dezembro 2018 - 19h37Da redação com informações do Correio Braziliense

Michel Temer autorizou o abate de aeronaves que invadirem o espaço aéreo delimitado como área de segurança durante a posse de seu sucessor, Jair Bolsonaro.

Publicado hoje no Diário Oficial, o texto lista uma série de ações coercitivas que podem chegar a medidas de destruição, caso os aviões sejam classificados como “hostis”, aqueles que, por exemplo, não cumprirem as ordens das autoridades de defesa aeroespacial após terem sido classificados como suspeitos.

A palavra final caberá ao comandante da Aeronáutica. A medida é inédita em posses presidenciais.

Serão três áreas: vermelha, amarela e branca. Na vermelha, o sobrevoo será proibido, com exceção do helicóptero da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e da Aeronave Remotamente Pilotada (ARP) da Força Aérea. Na amarela, que deve abarcar um raio de 46,3km, que inclui o Aeroporto Internacional de Brasília, será assegurado que nenhum voo comercial seja afetado. Já a área branca, considerada reservada, abrangerá um raio de 129,6km. Para sobrevoá-la, será necessário apenas o plano de voo.

O objetivo é combater eventuais ameaças à segurança durante a posse. As disposições do decreto entrarão em vigor a partir da zero hora de 1.º de janeiro e seguirão até à zero hora do dia 2.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Após polêmica envolvendo seu nome, Levy pede demissão da presidência do BNDES
Política
Parecer da reforma da Previdência é bem recebido pelo mercado financeiro
Política
Nelsinho Trad é eleito presidente do PSD-MS
Política
“Governo é uma usina de crises", diz Rodrigo Maia
Política
Cabo Almi acredita em soltura de Lula e cancelamento da sentença
Política
Bolsonaro demitirá presidente dos Correios
Política
PSD discute planos para 2020 neste sábado
Política
Bolsonaro critica decisão do Senado de parar decreto de armas
Política
STF criminalizará homofobia como forma de racismo
Política
Santos Cruz cai e será substituído por outro general

Mais Lidas

Polícia
Durante encontro amoroso, homem é morto por ex-marido de mulher
Polícia
Ex-secretário morre em acidente na MS-157
Polícia
Tio e sobrinho são mortos a golpes de facão
Educação
Extrato de pagamento do Bolsa Família terá alerta sobre trabalho infantil