Menu
Busca sábado, 18 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Política

Ministério Público pede prisão preventiva de Artuzi e intervenção em Dourados

04 setembro 2010 - 09h24
Durante entrevista coletiva concedida na sexta-feira (3), o procurador-geral do Ministério Público Estadual (MPE), Paulo Alberto de Oliveira, anunciou que na próxima quarta–feira (8), o Ministério Público Estadual pedirá a intervenção no município de Dourados, onde prefeito Ari Artuzi, vice-prefeito Carlinhos Cantor, quatro secretários, funcionários públicos, empreiteiros e nove vereadores, dentre eles o presidente da câmara Sidlei Alves foram presos pela Polícia Federal, na operação Uragano. Todos os envolvidos foram flagrados em imagens recebendo propina provenientes de fraudes em licitações públicas. O pedido será submetido aos desembargadores do Tribunal de Justiça. Caso seja aceito, caberá ao governador André Puccinelli indicar um nome para assumir a administração municipal. O órgão também solicitou a prisão preventiva (tempo indeterminado) do prefeito, que foi decretada na tarde da quinta-feira pelo desembargador Manoel Mendes Carli. A prisão temporária de Artuzi vence amanhã. Outra medida foi ingressar medida cautelar inominada no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS) pedindo a nomeação emergencial de um juiz para assumir interinamente o município. Segundo o MPE, “a medida requerida foi tomada tendo em vista que não há previsão na Lei Orgânica do município de substituto no cargo de prefeito, em casos de ausência do vice-prefeito, do presidente e vice-presidente da Câmara”. Como todos foram presos e não existe previsão alguma na linha da sucessão após presidente da câmara, o nomeado deve ser o diretor do Fórum, juiz Eduardo Machado Rocha e, em caso de indisponibilidade dele, assumiria o juiz mais antigo da comarca. Liberdade Até ontem (03), 13 pessoas já haviam sido liberadas, sendo que deste número, seis são vereadores.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Bolsonaro sanciona LOA de 2020
Política
Bolsonaro anuncia aumento de 12% no salário do professor do ensino básico
Política
Após declarações nazistas, Bolsonaro exonera Roberto Alvim
Política
Nelsinho avalia como "um passo a frente", entrada do Brasil na OCDE
Política
Sérgio de Paula desmente expulsão de Rose do PSDB
Política
"Aliança" fará encontro em fevereiro, na capital
Política
''Janela'' para vereadores começa em março
Política
Deputado do PSL defende assédio e polemiza: “Não sejamos hipócritas”
Política
Veja a previsão de líderes de partidos na Câmara dos Deputados em 2020
Política
Mandetta é primeiro em ranking de simpatia no congresso

Mais Lidas

Polícia
Assaltantes se escondem em moita após furtarem residência
Geral
Morador se assusta com a visita noturna de um jacaré
Polícia
Mulher que levou tiro de ex está em estado grave na Santa Casa
Oportunidade
Stone abre vagas com salário de até R$ 3,2 mil no Estado