Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99647-9098
TJ MS maio20
Política

Ministro Gilmar Mendes pede vista para HC de Lula

O caso deve ser retomado antes do recesso de fim de ano na Corte

04 dezembro 2018 - 17h56Da Redação com Agência Brasil

Nesta terça-feira (4), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes pediu vista do pedido de habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Segunda Turma da Corte. Segundo o ministro, o caso deve ser retomado antes do recesso de fim de ano na Corte.

A suspensão do julgamento ocorreu quando o placar do julgamento estava em 2 votos a 0 contra o pedido dos advogados de Lula. Os votos foram proferidos pelo relator Edson Fachin e a ministra Cármen Lúcia. Ainda faltam dos votos dos ministros Ricardo Lewandowski e Celso de Mello.

O colegiado começou a julgar nesta tarde pedido no qual a defesa de Lula requer a suspeição do ex-juiz Sergio Moro na condenação no caso do tríplex do Guarujá (SP) e a anulação da sentença, além da soltura imediata do ex-presidente. 

No pedido de habeas corpus, os advogados de Lula argumentam que a indicação do ex-juiz federal Sergio Moro para o Ministério da Justiça no governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro, demonstra parcialidade do ex-magistrado e também que ele agiu “politicamente”. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Moro defende apuração de 'circunstâncias anormais' da exoneração de Valeixo
Política
Por "divergências" no PSL, Contar pede desfiliação da sigla
Política
Planalto informa à Polícia Federal que Moro não assinou exoneração de Valeixo
Política
Guilherme Monteiro lidera em Jardim, diz pesquisa Ranking
Política
"Nenhum indício de interferência na Polícia Federal", diz Bolsonaro sobre vídeo
Política
“Respiro econômico”, diz David sobre suspensão de reajuste na energia até 2021
Política
Em vídeo, Bolsonaro pede que “povo se arme para evitar ditadura de governadores”
Política
AO VIVO - Vídeo de reunião com Bolsonaro e Moro
Política
Celso de Mello divulgará vídeo de reunião, mas exclui falas sobre China e Paraguai
Política
Eleições pode ser adiada para 15 de novembro ou 6 de dezembro, diz Maia

Mais Lidas

Polícia
Familiares ficam apavorados com sumiço de jovem na fronteira
Geral
Procon-MS pede explicação ao Consórcio Guaicurus sobre "precariedade" em linhas de ônibus
Saúde
Empresa arrisca e faz vacina contra coronavírus em larga escala
Economia
Câmara aprova Refis com 100% de desconto em juros e multas