Menu
Busca sábado, 24 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Política

Moro cancela status de refugiados do Paraguai

Três paraguaios se refugiam no Brasil desde 2003, eles são acusados de sequestro

23 julho 2019 - 16h57Mauro Silva, com informações da Exame

Três paraguaios acusados de extorsão mediante a extorsão perderam status de refugiado. O cancelamento do direito foi anunciado nesta terça-feira (23) pelo ministro da Justiça e Segurança Pública em seu Twitter.

Moro compartilhou uma publicação do presidente do Paraguai Mario Abdo Benítez e disse: “O Brasil não será mais refúgio para estrangeiros acusados ou condenados por crimes comuns”. Sérgio acrescentou em sua fala que o Brasil não é “terra sem lei” e que a postura agora é de cooperação  internacional.

Os paraguaios Juan Arrom, Anuncio Marti e Victor Colmán, ex-líderes do Partido  Livre (PPL) estão morando no Brasil há 16 anos e são requeridos pelo governo Paraguai pelo sequestro de María Edith Bordón, esposa de um empresário que foi libertada depois de dois meses em presa em um cativeiro e o pagamento de resgate de US$ 300 mil.

A posição do ministro da Justiça em retirar o status de refugiado foi divulgada pelo promotor de Assuntos Internacionais Manuel Doldán. Após o cancelamento do status o procedimento agora é a extradição dos três, que já foi solicitado pelo Paraguai.

Porém os refugiados denunciaram à Corte Interamericana de Direito Humanos (Corte IDH) de terem sido sequestrados e torturados por policiais paraguaios  para assumirem a participação no seqüestro de Bordón em 2002.

Mas em junho deste ano a Corte absolveu   o Estado Paraguaio de qualquer responsabilidade por falta de provas.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Câmara proporá incentivos fiscais a comerciantes
Política
“Seria um sonho ser prefeito de Campo Grande”, diz Waldeli
Política
Agronegócio não é causador de incêndio, diz Tereza Cristina
Política
Pesquisa mostra David como deputado mais atuante
Política
Avanço histórico - Sancionada lei do Alvará imediato
Política
Bioceânica: "Porta de saída do Brasil para o Futuro”, diz Riedel
Política
Governo estuda enviar Exército para combater queimadas na Amazônia
Política
Noite de homenagens na Câmara Municipal
Política
Barbosinha exige da União investimentos de R$ 89 mi à Segurança de MS
Política
Reinaldo e Bolsonaro são bem avaliados em MS, diz pesquisa

Mais Lidas

Polícia
Polícia apresenta acusado de estupro e roubo no Jardim Carioca
Polícia
Família encontra jovem morto e suspeita é de suicídio
Polícia
Confusão em tabacaria da Moreninha termina em morte
Polícia
Rapaz é contatado por aplicativo para fazer corrida e desaparece