Menu
Busca quinta, 20 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Política

Renato Câmara faz alerta sobre violência contra idosos

Em 15 anos, MS será considerado um Estado idoso, diz deputado

12 junho 2019 - 13h58Rauster Campitelli, com informações da assessoria

O deputado Renato Câmara (MDB) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, na manhã desta quarta-feira (12), para destacar que o Brasil está na 103º posição entre os países mais violentos do mundo, mais violento, inclusive, que países como o Haiti. Renato Câmara ressaltou que 23% de toda violência é praticada contra idosos.

O deputado, que é coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, repercutiu o evento de ontem, com o lançamento da Campanha Junho Prata, e alertou que, em 15 anos, o estado de Mato Grosso do Sul será considerado idoso, sendo que a maior parte da população será formada por idosos. O deputado afirmou que é necessário protegê-los de todo tipo de violência, incluindo a solidão e o desamparo, o abandono da família e da sociedade.

“O idoso, muitas vezes, fica esquecido num canto da casa. Dados apontam que 52% da violência praticada contra idosos vêm de parentes de primeiro grau. Ele fica constrangido em denunciar. O debate é complexo e precisa ser ampliado”, frisa o deputado.

Já o líder do Governo do Estado, deputado Barbosinha (DEM), avaliou que “no momento que estamos vivendo, na pressa, correria, a geração atual não se prepara para cuidar do idoso. E esse cuidado passa a ser uma exceção, não uma regra”.

O deputado estadual Evander Vendramini (PP) comentou que é necessário combater os golpes aplicados aos idosos, devido à vulnerabilidade dos mesmos. Ele citou o projeto de lei que criou, proibindo as instituições financeiras de ofertarem ou celebrarem qualquer tipo de contrato de operação de crédito com aposentados e pensionistas por meio de comunicação telefônica.

Para o deputado Professor Rinaldo, o Brasil é o país da discriminação. “Tratam os idosos como um material descartável, apesar do que está dentro do Estatuto. Precisamos lutar contra isso”, finalizou.

Prefeitura prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
"Foi a forma", Simone justifica voto e diz que decreto “não poderia justificar porte de arma"
Política
Modelo processual brasileiro impõe parcimônia dos juízes, diz Moro
Política
Relatório da LDO é entregue à Mesa Diretora da Câmara
Política
Nelsinho Trad convoca reunião com Mandetta para tratar de recursos para saúde
Política
Moro fala sobre conversas vazadas com Dallagnol
Política
Câmara quer retomar gratuidade da bagagem
Política
No Parlasul, Nelsinho defende Rota Bioceânica
Política
Valdir Gomes pode concorrer a prefeitura pelo PP em 2020
Política
No brasil 97% das mulheres já sofreram assédio em transporte
Política
Lei impede uso particular de milhas aéreas por políticos e servidores

Mais Lidas

Cidade
Confira a lista de habilitados para sorteio de unidades habitacionais na capital
Cidade
Campo-grandenses se unem e ajudam família que caiu em golpe da falsa encomenda
Polícia
Pai mata filho de 7 anos após convencê-lo de que brincariam juntos
Polícia
Vídeo: Homem é executado por pistoleiros em oficina