Menu
Busca quinta, 29 de julho de 2021
(67) 99647-9098
Senai - EAD_senai_graduação
Política

Segunda reunião ministerial de Bolsonaro será nesta terça

O presidente quer ouvir os planos de seus ministros para este mês, incluindo a Reforma da Previdência

07 janeiro 2019 - 15h13Da redação com informações da Agência Brasil

O presidente Jair Messias Bolsonaro volta a se reunir nesta terça-feira (8), com os 22 ministros. Ele quer ouvir cada um sobre os planos para este mês, eventuais propostas de enxugamento e perspectivas.

Também estará em discussão o texto da Reforma da Previdência que deverá ser apresentado ao Congresso Nacional.

Na semana passada, o ministro da Economia, Paulo Guedes, recebeu a tarefa de Bolsonaro para elencar os principais pontos do texto que o governo pretende encaminhar aos parlamentares neste semestre.

Para o presidente, a proposta ideal deve incluir a fixação de idade mínima, de forma gradual, para aposentadoria. Assim, os homens teriam piso de 62 anos e mulheres, 57.

Cruzeiro do Sul - 44 anos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Projeto de lei quer instituir Semana do Agronegócio nas escolas
Política
Bolsonaro adianta decisão sobre qual partido se filiará para disputar reeleição
Política
Reforma tributária será votada após recesso
Política
PEC do Voto Impresso será uma das prioridades após recesso parlamentar
Política
Mãe de ministro da Casa Civil assume lugar do filho
Política
Flávio Bolsonaro vai ser suplente da CPI da Pandemia
Política
Azambuja visita projeto que vai levar energia solar a famílias no Pantanal
Educação
"Parar de contar mortos, e contar alunos voltando" dispara Riedel 
Política
Ciro Nogueira aceita convite de Bolsonaro e será o novo ministro da Casa Civil
Política
“Atrapalha, mas tem que aturar”, diz Bolsonaro sobre Mourão

Mais Lidas

Geral
Vídeo: 'Rapidinha' na cozinha da errado e casal é flagrado só no love
Geral
Com Covid, Arlindo Namour morre no Proncor
Internacional
Vídeo: jovem tenta gravar dança em guindaste, mas despenca e morre
Polícia
Investigação concluí que enfermeiro do HR estuprou paciente em fevereiro