Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Política

Shows no Parque: Ofensa e bate-boca marcam discussão de emenda na Câmara

08 fevereiro 2011 - 14h30
O vereador Paulo Pedra (PDT) teve de ser interrompido diversas vezes pela Mesa Diretora no uso da palavra em sessão da Câmara de Campo Grande na manhã desta terça-feira (8), depois de dirigir ofensa a Ribeiro (PMDB). O oposicionista questionou a sanidade mental do colega porque o vereador - que mora nas proximidades do Parque de Exposições Laucídio Coelho - teria votado a favor da emergência na votação da emenda à Lei do Silêncio, o que pode permitir a inclusão da Expogrande no calendário de exceções. Em aparte, Ribeiro reagiu indignado e questionou Pedra pelo fato de ele também ter participado da reunião extraordinária, sem nada fazer para impedir que o projeto fosse enviado ao plenário em regime de urgência. O vereador do PMDB também ponderou sua postura em relação à proposta: "uma coisa é votar pela emergência, outra é ser a favor ou contra o projeto". Após o bate-boca, Pedra pediu à Mesa Diretora que retirasse a ofensa da ata. Fonte: Midia Max
Rota do Pantanal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Campanha das eleições municipais começa neste domingo
Política
Após polêmica, Siqueira anuncia que é candidato a prefeito de Campo Grande
Política
Mais de meio milhão de candidatos inscritos para disputar as eleições 2020
Política
Bolsonaro volta ao trabalho na segunda
Política
Bolsonaro apresenta ótima evolução clínica após cirurgia
Política
Pandemia deve baratear campanha
Política
Chapa do PSDB quer “dar voz” a sociedade
Política
Aprovação de Bolsonaro sobe para 40%, diz CNI/Ibope
Política
Capital já tem 9 candidatos a prefeito registrados no TRE
Política
Paulo Corrêa homenageia bombeiro que salvou recém-nascida

Mais Lidas

Polícia
Marido acorda sem a esposa ao lado e encontra mulher morta dentro de um poço em MS
Brasil
Michelle Bolsonaro quer tirar do ar música “Micheque”, do Detonautas
Polícia
Mesmo com tráfego normal na BR-262, motoristas devem ficar atentos
Cidade
Detran-MS pretende zerar os pátios com leilão