Menu
Busca quarta, 22 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Política

Simone lamenta o crescimento do feminicídio no país

A declaração foi feita nesta quarta-feira durante celebração dos 13 anos de Maria da Penha

07 agosto 2019 - 16h58Mauro Silva, com informações da assessoria

Em comemoração aos 13 anos da Lei Maria da Penha comemorado nesta quarta-feira (7) a senadora Simone Tebet (MDB-MS) destacou a importância da Lei às mulheres brasileiras.

“Infelizmente, as estatísticas mostram que a violência contra a mulher não para de crescer e a pergunta que se faz é se a violência cresceu ou se a mulher está denunciando mais devido à legislação rigorosa? Eu acredito que seja um pouco dos dois”, indagou Simone.  

“A Lei ajudou e ajuda as mulheres a terem coragem de denunciar, mas não podemos esquecer, e os números não mentem, que hoje a mulher está morrendo mais pelas mãos de seus companheiros, dentro de casa”, acrescentou.

Divórcio

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado, presidida por Simone, aprovou, nesta quarta-feira, o projeto que facilita o divórcio pra vítimas de violência doméstica. O projeto assegura à mulher vítima de violência doméstica prioridade nos processos judiciais de separação, divórcio, anulação de casamento e reconhecimento ou dissolução de união estável perante o foro do seu domicílio ou de sua residência. A medida também atribui aos juizados de violência doméstica a competência para julgar ações de divórcio, a pedido da mulher agredida. A matéria vai ao Plenário do Senado em regime de urgência.

O projeto é de autoria do deputado Luiz Lima (PSL-RJ). Para o relator no Senado, senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), a proposta reconhece a vulnerabilidade da mulher vítima de violência doméstica e familiar.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Coronel David classifica como grave a situação na fronteira
Política
Ministério Público denuncia Glenn Greenwald por ligação com hackers
Política
Prazo para regularização do título termina em maio
Política
Bolsonaro sanciona LOA de 2020
Política
Bolsonaro anuncia aumento de 12% no salário do professor do ensino básico
Política
Após declarações nazistas, Bolsonaro exonera Roberto Alvim
Política
Nelsinho avalia como "um passo a frente", entrada do Brasil na OCDE
Política
Sérgio de Paula desmente expulsão de Rose do PSDB
Política
"Aliança" fará encontro em fevereiro, na capital
Política
''Janela'' para vereadores começa em março

Mais Lidas

Política
Coronel David classifica como grave a situação na fronteira
Clima
Quarta pode ser nublada com máxima de 28°C na capital
Brasil
Embraer mantém férias coletivas de funcionários por mais três dias
Geral
Nova diretoria do Sindifisco define metas