Menu
Busca segunda, 26 de fevereiro de 2024
(67) 99647-9098
Saúde

Combate à AIDS: em 2022, 110 pessoas foram diagnosticadas na Capital

Todos os anos, em 1º de dezembro, é celebrado o Dia Mundial da AIDS

01 dezembro 2022 - 08h12Brenda Leitte    atualizado em 01/12/2022 às 08h48

Todos os anos, em 1º de dezembro, é celebrado o Dia Mundial da AIDS. Pessoas em todo o mundo se unem para mostrar apoio às pessoas que vivem com HIV e para lembrar de quem se foi por doenças relacionadas à AIDS. Na Capital, há registros de pelo menos 5.852 pessoas convivendo com HIV/Aids, deste total, 280 tiveram diagnóstico de HIV em 2020, e 108 com Aids, que é quando o não tratamento da pessoa evolui para o adoecimento.

Segundo a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), no ano seguinte foram 309 diagnósticos de HIV e 159 de Aids. Já neste ano, até o dia 23 de novembro, 198 pessoas receberam o diagnóstico de HIV e 110 de Aids. “É importante reforçar que os diagnósticos de Aids não estão diretamente relacionados com os de HIV, uma vez que a pessoa pode já ter conhecimento de que convive com o vírus, mas não está adoecida e não faz o tratamento e, tempos depois, descobre que possui a síndrome também”, esclareceu a Secretaria.

Outro dado preocupante é o número de abandonos de tratamento, que é quando a pessoa fica mais de 100 dias sem retirar a medicação. No ano de 2021 eram 663 pessoas que deixaram de fazer tratamento, neste ano são 722 até o momento. “Reforçamos aqui, também, que não são casos novos e, muito menos, a diferença entre os dados dos dois anos resulta no número de novos abandonos, uma vez que o paciente que deixou o tratamento pode retornar a qualquer momento, sendo excluído da lista, assim”.

Em Campo Grande qualquer unidade básica pode realizar atendimento da Pessoa Vivendo com HIV/Aids, desde que apresente os seguintes critérios: diagnóstico novo de HIV; Contagem de linfócitos T CD4 + ACIMA de 350 cel/mm³; Ausência de comorbidades associadas à imunodeficiência. “Para o cuidado das pessoas com Aids Avançada, estes devem ser acompanhados nos Serviços de Especialidade (CEDIP-Nova Bahia, HUMAP-Hospital Dia Esterina Corsini e Centro de Testagem e Aconselhamento)”, orienta a Secretaria.

Cada Dia Mundial da AIDS se concentra em um tema específico. O de 2022 é “Equidade já”. O tema deste ano é um chamado para que cada pessoa, organização, instituição e governos se sintam encorajadas a se contrapor às desigualdades sociais que são uma barreira aos avanços para acabar com a AIDS como ameaça à saúde pública até 2030.

A fita vermelha, usada na data, é símbolo universal de conscientização, apoio e solidariedade com as pessoas que vivem com HIV e uma forte simbologia para que este grupo de pessoas se façam ouvidas sobre questões importantes de suas vidas.

O Dia Mundial da AIDS permanece tão relevante na atualidade como sempre foi lembrando às pessoas e aos governos que o HIV não desapareceu. Na Capital, desde 2019 a população pode contar com a opção inovadora do kit de autotestagem para HIV. De modo prático, e com o objetivo de ampliar o acesso a jovens gays e de outros homens que fazem sexo com homens (HSH) à testagem anti-HIV, o indivíduo pode realizar o teste de forma sigilosa.

Importante lembrar que não se pega HIV por meio de beijo, aperto de mão, abraços, contato com fluidos corporais (lágrimas e suor), piscina e ar, portanto, não há motivo para afastar-se de uma pessoa soropositiva.

Como solicitar o autoteste na Capital?

Ao acessar o site, os usuários poderão solicitar o kit de testagem e retirá-lo no Pátio Central Shopping, localizado no Centro de Campo Grande, com funcionamento das 8h às 19h. Com isso, poderão realizar o autoteste em casa ou em outro local em que se sintam confortáveis.

No site, também é possível encontrar informações sobre prevenção ao HIV e uma calculadora de risco de infecção que fornece um resultado com base nos comportamentos relatados, além de opções para o recebimento de um kit com o teste de fluido oral ou um kit com teste de sangue para o HIV.

As instruções para a autotestagem estarão disponíveis na bula do teste e na plataforma que dará acesso aos vídeos demonstrativos sobre a forma correta de fazer o teste e conferir o resultado.

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Peru vai declarar emergência sanitária por aumento de casos de dengue
Saúde
Vacinação contra dengue é ampliada para adolescentes de até 14 anos em MS
Saúde
Foram prorrogadas as inscrições para programa de treinamento em Epidemiologia
Saúde
Vacinação contra dengue: Campo Grande atinge marca de 3 mil crianças vacinadas
Saúde
Outros 29 municípios devem receber vacinas contra dengue, afirma Governo
Saúde
Mais de 16 mil testes rápidos de antígeno para covid-19 serão distribuídos em MS
Saúde
Plantão UPAs: Confira escala médica deste sábado na Capital
Saúde
Sábado e domingo tem vacinação no Shopping Bosque dos Ipês
Saúde
Vacinação contra Covid durante a gestação beneficia bebês, diz estudo
Saúde
Conselho Municipal de Saúde é contra mudança de gestão do Hospital Regional

Mais Lidas

Polícia
AGORA: Casal morre após carro bater em carreta na BR-163, em Campo Grande
Polícia
Corpo é encontrado em pesqueiro no Jardim Pênfigo
Polícia
Cantor apanha após dançar com mulher durante baile em chácara do Bonança
Polícia
Cadeirante é encontrado morto em avançado estado de decomposição