Menu
Busca terça, 07 de fevereiro de 2023
(67) 99647-9098
Saúde

Confira a escala médica de plantão deste domingo na Capital

O atendimento infantil poderá ser encontrado o dia todo na UPA Coronel Antonino, Vila Almeida, Leblon e Universitário

13 fevereiro 2022 - 09h50Taynara Menezes
Sebrae Materia

A escala médica de urgência e emergência da rede pública de saúde de Campo Grande, funciona na manhã deste domingo (13), com 51 médicos, clínico geral e 15 pediatras atendendo nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Centro Regional de Saúde (CRS).

O atendimento infantil poderá ser encontrado durante o dia todo na UPA Coronel Antonino, Vila Almeida e Universitário, sendo 12 profissionais distribuídos nas unidades no período vespertino. Já no período noturno, seis unidades contam com 24 profissionais atendendo as crianças.

O quadro de clínico geral é completo em todas as unidades em qualquer período do dia, com 51 médicos atendendo na capital a tarde e 51 a noite.

Confira a escala completa:

Sebrae Materia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Em MS, 11 municípios estão com alta incidência de dengue
Saúde
Confira a escala de plantão de médicos nas UPAs e CRSs nesta segunda-feira
Saúde
Casos de SRAG têm queda em todo o país
Saúde
Saúde recebe mais de 1 milhão de doses da Coronavac infantil
Saúde
Procurando médico? Saiba onde encontrar e quais UPAs e CRSs atendem hoje
Saúde
OMS elabora acordo para evitar disputas futuras por vacinas durante pandemias
Saúde
Anvisa proíbe circulação de pomadas de cabelo que causam efeitos adversos graves
Saúde
Saúde divulga cronograma do Programa Nacional de Vacinação 2023
Saúde
Saiba onde encontrar médicos nas UPAs e CRSs da Capital nesta quarta-feira
Saúde
Covid: mais 7 pessoas morreram na última semana em MS

Mais Lidas

Geral
Melhores do ano CG: especialista alerta para golpe no Instagram
Polícia
JD1TV: Depoimento de motorista de aplicativo desmente relato da mãe de Sophia
Polícia
Polícia fecha boca de fumo e prende quatro envolvidos no Parque Lageado
Polícia
Delegada revela que mãe e padrasto de Sophia planejaram mentir para a polícia