Menu
Busca quarta, 28 de julho de 2021
(67) 99647-9098
Senai - EAD_senai_graduação
Saúde

Covid - Prefeitura abre cadastro para vacinação de adolescentes

Identificação prévia é para público de 12 a 17 anos que possui alguma comorbidade

18 junho 2021 - 10h10Gabrielly Gonzalez

A Prefeitura Municipal de Campo Grande abriu o cadastro de identificação prévia para a vacinação contra Covid-19 adolescentes entre 12 e 17 anos com comorbidades. O calendário para atendimento deste público ainda deverá ser definido.

Imunização contra a Covid-19 de adolescentes de 12 a 17 anos com o uso da vacina da Pfizer foi aprovada no dia 11 de junho pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e incluída dentre as prioridades a serem atendidas durante reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB)  realizada na quinta-feira (17).

A Resolução Nº114/CIB/SES que autoriza e define o quantitativo de doses a serem destinadas a este público foi publicada na edição desta sexta-feira, dia 18 de junho, do Diário Oficial do Estado (DOE-MS).

O uso do imunizante da farmacêutica em adolescentes entre 12 e 15 anos já é permitido nos Estados Unidos desde o dia 10 de maio, quando ocorreu a aprovação da FDA (Agência de Alimentos e Medicamentos).

Na Europa, por sua vez, a EMA (Agência Europeia de Medicamentos) liberou a aplicação da dose em maiores de 12 anos depois que a farmacêutica apresentou dados de um estudo com cerca de 2.000 adolescentes, cujo resultado demonstrou segurança e eficácia da vacina. A vacina da Pfizer contra o novo coronavírus foi a primeira a receber o registro definitivo no Brasil, em fevereiro deste ano.

Como se cadastrar? 

O acesso é feito pelo endereço web vacina.campogrande.ms.gov.br, através de qualquer dispositivo que esteja conectado à internet. É necessário escolher o menu “primeiro acesso” e, posteriormente, selecionar o perfil “Idade entre 12 e 17 anos com comorbida” e clicar em continuar.

É necessário preencher os dados pessoais do adolescente e também do adulto responsável. Anexar a certidão de nascimento, documento pessoal com foto e o laudo médico indicando uma das comorbidades ou condições relacionadas abaixo:

– Arritmias cardíacas
– Cardiopatia hipertensiva
– Cardiopatias congênita
– Cirrose hepática
– Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar
– Deficiência Permanente – Limitações Físicas e Motora
– Deficiente Auditivo
– Deficiente Mental
– Deficiente Visual
– Deficientes acamados com lesão medular grave
– Diabetes mellitus
– Distrofia Muscular
– Doença cerebrovascular
– Doença renal crônica
– Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas
– Gastrostomizado
– Hemoglobinopatias graves
– Hipertensão arterial estágio 3
– Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade
– Hipertensão Arterial Resistente (HAR)
– Imunossuprimidos
– Insuficiência cardíaca (IC)
– Miocardiopatias e Pericardiopatias
– Obesidade mórbida
– Oncológico com doença ativa em tratamento
– Paralisia Cerebral
– Pneumopatias crônicas graves
– Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados
– Renais Crônicos em diálise
– Síndrome de down
– Síndromes coronarianas
– Transplantados
– Transtorno do Espectro Autista (TEA)
– Traqueostomizado
– Valvopatias

Agilidade

O cadastro feito previamente facilita na identificação dos pacientes e dá mais celeridade no processo de vacinação, além de auxiliar na tomada de decisões por parte da gestão, uma vez que, através do sistema, é possível realizar um censo e definir quantas doses serão necessárias para imunizar um determinado público específico. 

Atualmente, o sistema de cadastro está aberto para mais de 30 públicos distintos, divididos em idade, categoria profissional, etnias e grupos especiais. A inserção de novos públicos para cadastramento é feita na medida em que há definição de envio de novas doses e as etapas de vacinação sejam executadas. 

Vai di Vinho

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Pessoas com 31 ou mais vacinam na quinta
Saúde
Em situação de alerta, Hemosul pede ajuda da população
Saúde
Covid: Com 10 mil testes, FIEMS retoma diagnóstico gratuito
Saúde
MS lidera no ranking da OPAS como o estado que melhor vacina contra a Covid-19
Saúde
Butantan entrega mais 1,5 milhão de doses de CoronaVac
Saúde
MS confirma mais 1.060 casos e 23 mortes por covid-19
Saúde
Grávidas que tomaram D1 da AstraZeneca vão receber D2 da Pfizer na Capital
Saúde
UPAs tem 45 clínicos e 14 pediatras na manhã desta quarta-feira
Saúde
Adolescentes serão incluídos na vacinação contra covid-19
Saúde
Covid: Brasil registra mais 41.411 novos casos

Mais Lidas

Geral
Vídeo: “Casado me deito, com chifre me levanto”, corno flagra traição da esposa
Brasil
Vídeo: 'Corno escandaloso' descobre traição e faz barraco em estacionamento
Geral
Vídeo: Homem surta e se joga em frente a ônibus em movimento; cenas fortes
Polícia
Pai encontra filho de 18 anos enforcado na varanda de casa