Menu
Menu
Busca terça, 25 de junho de 2024
Governo - Vazio sanitario Jun24
Saúde

Dezembro Vermelho: Capital promove testagem e orientação de prevenção às ISTs

Secretário municipal de Saúde Dr. Sandro Benites acompanhou a ação neste sábado no Camelódromo

10 dezembro 2022 - 18h11Brenda Leitte, com CG Notícias

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), por meio do serviço de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), realiza ação de testagem e orientação neste fim de semana, sábado (10 ) e domingo (11), no Camelódromo, localizado na região central de Campo Grande.  A atividade faz parte da programação da Campanha de Prevenção ao HIV/Aids, Dezembro Vermelho.

O secretário municipal de Saúde Dr. Sandro Benites acompanhou a ação durante a manhã deste sábado e destacou a importância da prevenção e do diagnóstico precoce no enfrentamento às ISTs.

Ele parabenizou a equipe pelo trabalho e aproveitou para fazer os testes para HIV, sífilis e hepatites oferecidos durante a ação. O resultado sai em no máximo 20 minutos.

Conforme a programação pré-estabelecida para a campanha Dezembro Vermelho, uma nova ação deve ocorrer no próximo sábado, 17 de dezembro, também no Camelódromo. Os atendimentos acontecem de 8h às 14h30.

O objetivo a campanha  é sensibilizar a população sexualmente ativa, sobretudo a população jovem na faixa etária entre 15 e 49 anos para a prevenção.

A estimativa é alcançar um público de 3 mil pessoas, a partir de ações de testagem,  distribuição de materiais informativos e insumos para a população em geral com continuidade das atividades de testagem rápidas nas unidades básicas e de saúde da família mesmo após o término da campanha. A campanha deste ano tem como temática “Vencendo o Preconceito I=I”.

Casos

No município, há o registro de pelo menos 5.852 pessoas convivendo com HIV/Aids, sendo que, deste total, 280 tiveram diagnóstico de HIV em 2020, e 108 com Aids, que é quando o não tratamento da pessoa evolui para o adoecimento dela. No ano seguinte foram 309 diagnósticos de HIV e 159 de Aids, já neste ano, até o dia 23 de novembro, 198 pessoas receberam o diagnóstico de HIV e 110 de Aids. Os diagnósticos de Aids não estão diretamente relacionados com os de HIV, uma vez que a pessoa pode já ter conhecimento de que convive com o vírus, mas não está adoecida e não faz o tratamento e, tempos depois, descobre que possui a síndrome também.

Outro dado preocupante é o número de abandonos de tratamento, que é quando a pessoa fica mais de 100 dias sem retirar a medicação. No ano de 2021 eram 663 pessoas que deixaram de fazer o tratamento, neste ano são 722 até o momento. Reforçamos aqui, também, que não são casos novos e, muito menos, a diferença entre os dados dos dois anos resulta no número de novos abandonos, uma vez que o paciente que deixou o tratamento pode retornar a qualquer momento, sendo excluído da lista, assim.

Em Campo Grande qualquer unidade básica pode realizar atendimento da Pessoa Vivendo com HIV/Aids (PVHA) desde que apresente os seguintes critérios: Diagnóstico novo de HIV; Contagem de linfócitos T CD4 + ACIMA de 350 cel/mm³; Ausência de comorbidades associadas à imunodeficiência.

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Profissional da área da saúde preparando a vacina para aplicação
Saúde
MS mantém faixa etária de vacinação contra dengue; saiba quem pode
Vacinação contra a gripe e Covid-19 será no Norte Sul Plaza neste domingo
Saúde
Vacinação contra a gripe e Covid-19 será no Norte Sul Plaza neste domingo
Vacinação: Veja onde se imunizar neste sábado em Campo Grande
Saúde
Vacinação: Veja onde se imunizar neste sábado em Campo Grande
Médicos
Saúde
Plantão UPAs: Confira a escala médica nas unidades de saúde para este sábado
Henrique Prata, presidente do Hospital do Amor
Saúde
JD1TV: "Sobrevivemos com ajuda da sociedade", diz presidente do Hospital do Amor
Hospital Regional de Mato Grosso do Sul
Política
"Solucionar problemas": Deputado quer visita da Comissão de Saúde ao Hospital Regional
Upa Vila Almeida
Saúde
Paciente fica mais de 3h esperando por atendimento na Upa Vila Almeida: "não tinha médico"
SES/MS - Secretaria de Estado de Saúde -
Saúde
Governo convoca 116 aprovados no concurso público da Saúde de MS
Dose da poliomielite segue disponível nas unidades de saúde de Campo Grande
Saúde
Dose da poliomielite segue disponível nas unidades de saúde de Campo Grande
Casos de Dengue no Brasil
Brasil
Brasil já soma quase 6 milhões de casos e 4 mil mortes por dengue em 2024

Mais Lidas

Cantor Diogo Nogueira
Cultura
MS Ao Vivo: Diogo Nogueira fará show gratuito na Capital no dia 14 de julho
Avelino Luz,  se jogou dentro do veículo pegando fogo
Polícia
Vídeo - Após ser traído, homem se joga em carro em chamas
"O Máskara" foi encaminhado ao hospital
Cidade
Personagem da Carreta da Alegria erra perfomance e cai da fachada de prédio
Caso foi registrado na Depac Centro
Polícia
Advogado é agredido por réu de processo enquanto treinava em academia 24h da Capital