Menu
Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2024
TJMS Maio24
Saúde

Estudo revela viabilidade de medicamento no combate ao HIV

PrEP é importante tecnologia de prevenção, avalia pesquisa

25 dezembro 2022 - 13h00Evelyn Thamaris, com informações Agência Brasil     atualizado em 25/12/2022 às 20h48

Estudo mostra que a oferta imediata de profilaxia pré-exposição (PrEP) ao HIV é viável no Brasil, com baixa perda precoce de acompanhamento. Os resultados, publicados na edição de 21 de dezembro de The Lancet HIV, uma das mais conceituadas revistas científicas do mundo, mostram que a adesão à PrEP e a retenção ao serviço a longo prazo foram boas.

PrEP é um medicamento anti-HIV, tomado de forma programada para evitar uma infecção pelo HIV caso ocorra uma exposição. A pesquisa foi conduzida pelo Grupo de Estudos ImPrEP no Brasil, México e Peru, de 2018 a 2021 e teve como objetivo central avaliar a viabilidade da oferta de PrEP oral diária nesses três países, servindo de espelho para iniciativas similares na América Latina.

Ao todo, participaram 9.509 pessoas, sendo 3.928 no Brasil, 3.288 no México e 2.293 no Peru. A maioria, 94,3%, gays, bissexuais e outros homens cisgêneros que fazem sexo com homens (HSH). Os demais 5,7% são travestis e mulheres trans, populações mais afetadas pela pandemia de HIV e aids na América Latina, a maioria com idade entre 18 e 30 anos.

Os resultados mostram que a adesão à PrEP e a retenção ao serviço a longo prazo foram boas, sendo pior entre os mais jovens e mais vulneráveis; e a incidência de HIV foi muito baixa, sendo maior nas populações mais vulneráveis e com baixa adesão à PrEP.

De acordo com o estudo, a PrEP comprovou ser uma importante tecnologia de prevenção, especialmente junto a populações como HSH, travestis e mulheres trans na América Latina. A pesquisa aponta que os determinantes sociais e estruturais de risco ao HIV precisam ser abordados para a plena realização dos benefícios da profilaxia.

A etapa inicial do ImPrEP, ligada à oferta da PrEP oral diária, foi uma iniciativa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em parceria com o Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis, do Ministério da Saúde do Brasil, a Universidade Peruana Cayetano Heredia, do Peru, a Clínica Condesa e o Instituto Nacional de Saúde Pública, ambos do México.

JD1 No Celular

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Teste de HIV em Campo Grande
Saúde
Campanha oferece voucher de R$ 50 para quem fizer teste de HIV na Capital
Durante o ano de 2024, o registro atinge 65 mortes até o momento
Saúde
Covid-19: MS registra 24 novos casos confirmados da doença, mas segue sem mortes
Síndromes gripais nas unidades de saúde da Capital
Saúde
Com 16 vítimas até agora, mortes por gripe 'tipo A' crescem na Capital
Complexo de Saúde do Aero Rancho -
Saúde
Prefeitura fecha contrato para reforma do Complexo de Saúde do Aero Rancho
UPA Coronel Antonino
Saúde
Plantão UPAs: Confira escala médica deste sábado em Campo Grande
Imagem Ilustrativa
Saúde
'Sangue LGBTQIA+ Salva Vidas': Hemosul funciona até as 17h neste sábado
Dr. Guilherme Bittner
Saúde
JD1TV: Mudanças climáticas podem causar problemas crônicos na pele, diz dermatologista
Saúde e Bem Estar acontecerá no 1º Congresso Nacional Tatiana Salazar
Saúde
Saúde e Bem-Estar acompanha congresso de odontologia nesta sexta
Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue e de outras arboviroses, como zika e chikungunya
Saúde
Dengue em MS: número de casos confirmados da doença chega a 8,6 mil
Centro Regional de Saúde Dr. Antônio Pereira
Saúde
Prefeitura desmente sobre fechamento de atendimento 24h no posto do Tiradentes

Mais Lidas

Francisco Jr. foi socorrido em estado grave e levado para uma unidade de saúde
Polícia
JD1TV: Moto de influenciador da Capital explode em acidente na BR-060, em Sidrolândia
Rapper morr3 após atirar na cabeç4 ao gravar vídeo; assista
Geral
Rapper morr3 após atirar na cabeç4 ao gravar vídeo; assista
O motociclista foi carbonizado durante a colisão
Polícia
Pneu estourado teria causado acidente que matou motociclista carbonizado na BR-163
Vereador Lívio Leite
Justiça
Vaga de Claudinho Serra na Câmara será de Dr. Lívio