Menu
Menu
Busca terça, 25 de junho de 2024
TJMS - Jun24
Saúde

Janeiro Roxo: tratado pelo SUS, hanseníase é doença grave que tem cura

Manchas brancas, avermelhadas ou acastanhadas na pele, é um dos principais sintomas da doença

17 janeiro 2023 - 17h10Brenda Leitte

Em janeiro é realizada a campanha “Janeiro Roxo”, que tem como objetivo conscientizar e alertar à população sobre os riscos da hanseníase. A doença, que pode gerar graves sequelas, tem o tratamento oferecido integralmente pelo SUS (Serviço Único de Saúde), e tem cura. 

Manchas brancas, avermelhadas ou acastanhadas na pele, podendo ser associadas à falta de sensibilidade da região é um dos principais sintomas da doença, segundo o infectologista Rodrigo Coelho. O diagnóstico é feito de forma clínica, podendo ser solicitados alguns exames complementares para determinar o avanço da doença. 

Nos casos mais leves, em que o paciente apresenta poucas lesões – paucibacilares – o tratamento é feito na própria rede municipal de saúde. Já aqueles quadros mais agravados, em que o paciente apresenta diversas lesões – multibacilar – ou há o acometimento de nervos periféricos, o acompanhamento é realizado pela rede complementar, sendo o Hospital São Julião referência no tratamento. 

“Precisamos nos preocupar com as lesões de pele com alterações de sensibilidade, inicialmente. Nódulos, pápulas e alterações da motricidade ou sensibilidade de membros, principalmente, devem levantar suspeitas”, explica o infectologista. 

Somente no ano passado, 43 pessoas tiveram o diagnóstico de hanseníase em Campo Grande. O tratamento, feito com poliquimioterapia única, dura entre seis e doze meses, dependendo da gravidade de cada caso. 

“As formas mais graves da doença são as multibacilares, com baixa adesão ao tratamento podem trazer um comprometimento importante de estruturas nervosas periféricas e também outros órgãos como rins, fígado, nariz e órgãos reprodutores”, conclui Coelho. 

Transmissão 

Ao contrário do que se imagina, a transmissão da hanseníase não acontece através do contato com a lesão ou feridas, e sim por gotículas de saliva e secreções nasais, mas somente após um longo período. Ou seja, quem convive com alguém que não faz o tratamento tem o risco de ser infectado, já quem tem contato mínimo dificilmente será contaminado. 

O não compartilhamento de objetos pessoais é uma das melhores maneiras de reduzir os riscos de contágio. “A vacina BCG, feita em crianças para se prevenir da tuberculose, pode ajudar na prevenção da hanseníase, uma vez que são agentes infecciosos muito similares”, completa o médico.

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Anvisa proíbe a venda e uso de produtos a base de fenol
Saúde
Anvisa proíbe a venda e uso de produtos a base de fenol
Revalida segue com inscrições abertas
Saúde
Inscrições para primeira etapa do Revalida 2024 vão até sexta-feira
Exame de covid
Saúde
Sem mortes, MS teve 200 novos casos confirmados de Covid na última semana
Sede da Anvisa
Saúde
Anvisa proíbe produtos com fenol em procedimento de saúde ou estético
Profissional da área da saúde preparando a vacina para aplicação
Saúde
MS mantém faixa etária de vacinação contra dengue; saiba quem pode
Vacinação contra a gripe e Covid-19 será no Norte Sul Plaza neste domingo
Saúde
Vacinação contra a gripe e Covid-19 será no Norte Sul Plaza neste domingo
Vacinação: Veja onde se imunizar neste sábado em Campo Grande
Saúde
Vacinação: Veja onde se imunizar neste sábado em Campo Grande
Médicos
Saúde
Plantão UPAs: Confira a escala médica nas unidades de saúde para este sábado
Henrique Prata, presidente do Hospital do Amor
Saúde
JD1TV: "Sobrevivemos com ajuda da sociedade", diz presidente do Hospital do Amor
Hospital Regional de Mato Grosso do Sul
Política
"Solucionar problemas": Deputado quer visita da Comissão de Saúde ao Hospital Regional

Mais Lidas

Cantor Diogo Nogueira
Cultura
MS Ao Vivo: Diogo Nogueira fará show gratuito na Capital no dia 14 de julho
JD1TV - Casal tenta sequestrar criança na Capital: 'ganharia muito dinheiro no exterior'
Polícia
JD1TV - Casal tenta sequestrar criança na Capital: 'ganharia muito dinheiro no exterior'
Avelino Luz,  se jogou dentro do veículo pegando fogo
Polícia
Vídeo - Após ser traído, homem se joga em carro em chamas
"O Máskara" foi encaminhado ao hospital
Cidade
Personagem da Carreta da Alegria erra perfomance e cai da fachada de prédio