Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
Gov 44 anos
Saúde

"MS não vai parar", garante Geraldo Resende sobre vacinação contra Covid em adolescentes

O Ministério da Saúde publicou uma nota dizendo para os estados pararem com a aplicação de vacinas em adolescentes sem comorbidades

16 setembro 2021 - 13h08Brenda Assis

Através da Secretária Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, o Ministério da Saúde recomendou por meio de nota interromper a imunização em adolescentes na noite de quarta-feira (16). No entando, Mato Grosso do Sul não irá parar com a vacinação em adolescentes, garante o secretário estadual de saúde Geraldo Resende.

O estado já vacinou pelo menos 59% da faixa etária entre 12 e 17 anos, já recebeu a primeira dose, o que equivale a aproximadamente 164 mil pessoas. Além disso, outras cinco mil já receberam a segunda dose, de reforço.

“O importante agora é a gente completar a imunização deles, com a segunda dose e não parar a vacinação. Inclusive quero fazer um alerta para os pais de que é para levar seu filho para vacinar sim, Mato Grosso do Sul não vai parar”, disse o secretário.

De acordo com ele, a decisão de interromper a vacinação é isolada e não teve a participação de entidades como Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Saúde (Conass), Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems). “Estou tentando conversar com a pasta para entender os motivos que levaram a essa nota ser liberada ontem. Fomos todos pegos de surpresa. Ninguém foi ouvido”, explica.

Capital

Campo Grande ainda seguirá vacinando este público. “Está questão ainda está sendo avaliada pelo Município e, por enquanto, a vacinação de adolescentes sem comorbidades continua liberada. Setores técnicos. Cabe descatar que em Campo Grande mais de 58 mil adolescentes de 12 a 17 anos com ou sem comorbidades, o que representa quase 90% do público estimado. A segunda dose destas pessoas será assegurada”, garante a Secretaria de Saúde Publica (Sesau).

Mudança

Na noite de quarta-feira (15), o Ministério da Saúde divulgou a recomendação de suspender a vacinação de adolescentes e crianças sem comorbidades, de 12 a 17 anos, com doses da Pfizer,  única permitida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A nota informativa desta quarta contraria outra publicada pela pasta em 2 de setembro, que recomendava a vacinação para esses adolescentes a partir do dia 15. A decisão do Ministério da Saúde foi tomada dentro de um contexto de aumento dos relatos de falta de vacinas no país, sobretudo para a segunda dose.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Ministério da Saúde já está desabilitando leitos de terapia intensiva
Saúde
Secretário diz que flexibilização no uso da máscara está sendo avaliada
Saúde
Resgate+: Primeiro Hospital Veterinário de campanha do País é lançado em MS
Saúde
Vacinação contra Covid-19 acontece a partir do 12h nesta terça-feira
Saúde
Veja a escala de atendimento infantil e adulto nas UPAs e CRSs hoje
Saúde
Mães de crianças com Espinha Bífida buscam informar sobre doença e prevenção
Saúde
Internações por Covid-19 estão abaixo de 20% no Estado
Saúde
Covid: MS é o 1° Estado a atingir baixo risco de transmissão, diz secretário
Saúde
Vacina estará disponível no Ayrton Senna e em 38 pontos
Saúde
Plantão UPAs: veja o quadro de médicos e pediatras em cada unidade

Mais Lidas

Internacional
Mulher mata marido a machadadas após o flagrar estuprando sua filha de 5 anos
Vídeos
JD1TV: Corna vai tirar satisfação com amante do marido e 'pau come' solto
Polícia
Em uma noite, polícia atende três ocorrência envolvendo suicídio
Geral
JD1TV: Funcionário do Carrefour de Campo Grande é humilhado por gerente