Menu
Menu
Busca sexta, 24 de maio de 2024
Secovi
Saúde

Prestação de contas na Câmara tem conversa sobre greves e paralisações na saúde

28 fevereiro 2023 - 10h10Sarah Chaves, com informações da Câmara Municipal

O Secretário Municipal de Saúde, Dr. Sandro Benites apresentou em audiência pública na Comissão Permanente de Saúde da Câmara Municipal na tarde de segunda-feira (27) a prestação de contas do 3º quadrimestre de 2022 da Capital.

O vereador Dr. Victor Rocha, Presidente da Comissão, fez questionamentos ao secretário de saúde, “temos hoje a paralisação do hospital do câncer, a falta de medicamentos nos postos e a greve dos enfermeiros que foi iniciada. Precisamos buscar solução, ter diálogo com o Executivo, com o estado, com o sindicato e resolver o mais rápido possível pois o nosso maior objetivo é atender a população e isso engloba ouvir e atender os nossos servidores”, concluiu.

Para o vereador Ronilço Guerreiro, “tem que haver previsibilidade com relação a cuidar do investimento e não deixar faltar".

Com a paralisação do Hospital do Câncer que completou cinco dias, ontem (27), o presidente da instituição, Amilcar Silva Júnior fez o uso da palavra e explicou sobre a paralisação e os problemas financeiros da fundação. “Quero esclarecer que está paralisado apenas o atendimento de novos pacientes. A paralisação é dos novos pacientes com câncer, para que sejam atendidos em outros hospitais. A decisão foi do corpo clínico, conforme os atrasos dos exames, não é possível atender novos casos. O hospital atendeu na pandemia e tudo isso trouxe um custo elevado ao hospital. A medicação subiu muito com a pandemia. Está 55% mais cara. O hospital é filantrópico, todos ali colaboram com a sociedade e precisamos do poder público para atender o SUS”, contou.

Já a sobre a greve anunciada pelos enfermeiros e suspensa pela Justiça, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Públicos em Enfermagem de Campo Grande (Sinte/PMCG, Ângelo Macedo, lamentou o cumprimento do plano de cargos e carreiras da classe e as estratégias de investimento por parte da SESAU. “tudo que está sendo falado com relação as estratégias de investimentos, onde está o investimento? Todas as unidades estão em estados lamentáveis, não existe serviço que possa ser considerado de excelência. Não mantém os serviços. A enfermagem está em greve. Nosso plano de cargos e carreiras é de 2020. Estamos cansados, saímos de uma pandemia em que todos viram nosso papel, então não vamos retroceder”.

O Secretário Sandro Benites disse estar aberto a negociação. “É preciso fazer o levantamento de servidores e pedimos a associação e mesmo diante mantiveram o pedido de greve e está sendo analisado”. Concluiu dizendo, “Vale a pena toda audiência pública, estamos vivenciando uma greve que não é bom pra ninguém e tentar da maneira mais rápida possível entrar em uma negociação para que a população sofra o menos possível”.

O vereador Victor Rocha, finalizou a audiência encaminhando um pedido, como sugestão de uma compra emergencial sobre a falta de medicamentos, uma reunião com o sindicato dos enfermeiros para resolver a situação da greve e um pedido ao hospital do câncer para que possam buscar a melhor forma de voltar os atendimentos e serviços para a população

Dados do Relatório

Conforme o relatório apresentado, a maior causa de mortalidade em Campo Grande com 27,27% de óbitos é decorrente de doenças do aparelho circulatório, com destaque para as doenças isquêmicas do coração e as cerebrovasculares. O câncer vem na segunda posição com 16,17%, seguido das doenças do aparelho respiratório em terceiro. Ainda que os acidentes de trânsito compõem a maior parcela dessas mortes por causas externas, foi destacado o suicídio que cresce gradativamente na capital, com um incremento de 35% em relação a 2021.

Foi ainda apresentado que existem 73 unidades básicas atendendo na Capital, a mais nova é USF DR NASRI SIUFI, no Jardim Presidente, entregue no fim do ano passado depois de 10 anos. Sobre os servidores da saúde, foi levantado um total de 1.258 servidores SESAU em contratos temporários e cargos em comissão e 6.169 servidores SESAU Estatutários e Empregados Públicos. Com relação ao número de Médicos que atendem nas unidades de saúde totalizam 583 concursados e 804 contratos temporários e cargos em comissão.

Na questão sobre saúde mental, Sandro Benites acredita no trabalho de prevenção nas escolas irá ajudar no combate ao abuso de álcool e drogas, fora outras questões mentais. “É um trabalho contínuo. De cada 1000 usuários, 970 morrem ou por overdose ou sofrendo porque enquanto sociedade não investimos na prevenção”.

O evento foi conduzido pelo vereador e presidente da Comissão Dr. Victor Rocha com a participação do vereador Dr. Loester, Ronilço Guerreiro e a vereadora Luiza Ribeiro.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mortes estão acontecendo após enchentes no RS
Saúde
Rio Grande do Sul confirma mais duas mortes por leptospirose
Saúde e Bem-Estar trata sobre a reabilitação dos pés com ortopedista especialista
Saúde
Saúde e Bem-Estar trata sobre a reabilitação dos pés com ortopedista especialista
Vacinação nas escolas
Saúde
Projeto de vacinação nas escolas públicas vai à sanção presidencial
Teste de HIV em Campo Grande
Saúde
Campanha oferece voucher de R$ 50 para quem fizer teste de HIV na Capital
Durante o ano de 2024, o registro atinge 65 mortes até o momento
Saúde
Covid-19: MS registra 24 novos casos confirmados da doença, mas segue sem mortes
Síndromes gripais nas unidades de saúde da Capital
Saúde
Com 16 vítimas até agora, mortes por gripe 'tipo A' crescem na Capital
Complexo de Saúde do Aero Rancho -
Saúde
Prefeitura fecha contrato para reforma do Complexo de Saúde do Aero Rancho
UPA Coronel Antonino
Saúde
Plantão UPAs: Confira escala médica deste sábado em Campo Grande
Imagem Ilustrativa
Saúde
'Sangue LGBTQIA+ Salva Vidas': Hemosul funciona até as 17h neste sábado
Dr. Guilherme Bittner
Saúde
JD1TV: Mudanças climáticas podem causar problemas crônicos na pele, diz dermatologista

Mais Lidas

Amalha era corretora de imóveis
Polícia
Mulher encontrada morta no Porto Seco era corretora de imóveis
Frio em Mato Grosso do Sul
Clima
Mínima de 7°C: MS pode registrar 'o dia mais frio do ano' nos próximos dias
Carro da corretora é encontrado no Indubrasil
Polícia
JD1TV AGORA: Carro de corretora morta é encontrado no Indubrasil
Amalha trabalhava como corretora de imóveis
Polícia
Corretora assassinada iria encontrar 'ex-paquera' para cobrar dívida de R$ 20 mil