Menu
Busca segunda, 26 de fevereiro de 2024
(67) 99647-9098
Saúde

Secretaria de Saúde realizará cirurgias de fenda labial e varizes

Valor disponível de mais de R$ 3 milhões de recursos federais tem previsão de execução entre os meses de novembro de 2023 a abril de 2024

27 novembro 2023 - 15h28Caroliny Martins, com SES/MS    atualizado em 27/11/2023 às 15h32

O Projeto ‘MS Saúde: Mais Saúde, Menos Fila’ abriu para adesão a dois tipos de novos procedimentos cirúrgicos eletivos: para atendimento à pacientes com fissura labiopalatina e procedimento para aplicação de espuma em varizes.

A proposta é direcionada aos 79 municípios de Mato Grosso do Sul. A Resolução publicada no Diário Oficial do Estado apresenta o valor disponível de R$ 3.207.600,00 de recursos federais com previsão de execução do projeto entre os meses de novembro de 2023 a abril de 2024.

O atendimento a pacientes com fissura labiopalatina se torna uma novidade no Estado, considerando que quem precisa deste serviço, antes era encaminhado de forma ambulatorial de Campo Grande (MS) à cidade de Bauru, interior do Estado de São Paulo, para a realização de cirurgia. O que dentro do projeto ‘MS Saúde’ não será mais preciso com a realização do procedimento na Capital.

Para a superintendente de Gestão Estratégica e coordenadora do Projeto ‘MS Saúde: Mais Saúde, Menos Fila’ da SES-MS, Maria Angélica Benetasso. “Dentro do levantamento prévio realizado para a execução desta especialidade, nós identificamos 294 pacientes fissurados que estão prontos para serem operados no Estado”.

O tratamento completo para esta anomalia de acometimento craniofacial é multidisciplinar onde requer equipe de profissionais especializados nas áreas de enfermagem, fonoaudiologia, odontopediatria, ortodontia, otorrinolaringologia, pediatria, neuropediatria, psicologia e serviço social, sendo o tratamento oferecido para todas as faixas etárias visando à integração, reabilitação e inserção na vida social e comunitária.

A iniciativa tem o apoio da Funcraf (Fundação para o Estudo das Deformidades Craniofaciais).

“Nós estamos muito felizes com esta notícia. É muito importante para os familiares e para a Funcraf esta ação uma vez que estávamos enfrentando dificuldades para a realização destas cirurgias. Hoje, nós temos uma grande demanda de pacientes que estão no aguardo destas cirurgias no Estado. E temos certeza que com a publicação desta resolução, muitas mães ficarão felizes com a inclusão destas cirurgias no projeto da Secretaria de Estado de Saúde. É o Estado olhando para nossa demanda e ajudando tanto a quem necessita destas cirurgias”, diz Anna Claudia Jorge Amaral, responsável técnica pelo Departamento de Fissura Labiopalatina da Funcraf, em Campo Grande.

“Os recursos estão disponibilizados pela União e organizado para a execução das cirurgias. Mas antes precisamos que os municípios assim como os estabelecimentos de saúde façam a adesão ao projeto do ‘MS Saúde: Mais Saúde, Menos Fila’”, ressalta Maria Angélica.

Adesão

A adesão juntamente com a estimativa de quantidade de procedimentos a serem executados/mês deverão ser encaminhadas à SES/MS pelo email: [email protected] para aprovação.

O período para que os municípios e os estabelecimentos de saúde contratualizados/contratados pelo SUS têm para aderir a nova proposta será de cinco dias úteis, a contar da data desta publicação realizada em Diário Oficial.

Assim, dentro da nova proposta da especialidade de cirurgia das vias aéreas superiores, da face, da cabeça e do pescoço estão inclusas 59 tipos de procedimentos, sendo labioplastia em paciente com anomalia crânio e bucomamaxilofacial, septoplastia em paciente com anomalia crânio e bucomaxilofacial, reconstrução total de lábio em paciente com anomalia crânio e bucomaxilofacial, dentre outros.

Já para a cirurgia do aparelho circulatório, com o procedimento de aplicação de espuma em varizes, estão dois tipos de procedimento sendo o tratamento esclerosante não estético de varizes dos membros inferiores (unilateral) e tratamento esclerosante não estético de varizes dos membros inferiores (bilateral).

MS Saúde

O projeto ‘MS Saúde: Mais Saúde, Menos Fila’ ocorre em 33 municípios que já iniciaram procedimentos para reduzir filas no Estado. Diversos procedimentos cirúrgicos foram realizados nas especialidades de cirurgia geral, oftalmológica, vascular, ortopédica, otorrinolaringologia, urológica e ginecológica.

O projeto prevê que prefeituras e estabelecimentos de saúde estabeleçam convênios que vão garantir a realização de 15 mil cirurgias eletivas em diversas especialidades.

Também estão previstas a realização de 42,5 mil exames diagnósticos como ressonância magnética com contraste, ressonância magnética (sedação), tomografia computadorizada, endoscopia, densitometria, colonoscopia, holter 24 horas, cintilografia, entre outros.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Outros 29 municípios devem receber vacinas contra dengue, afirma Governo
Saúde
Mais de 16 mil testes rápidos de antígeno para covid-19 serão distribuídos em MS
Saúde
Plantão UPAs: Confira escala médica deste sábado na Capital
Saúde
Sábado e domingo tem vacinação no Shopping Bosque dos Ipês
Saúde
Vacinação contra Covid durante a gestação beneficia bebês, diz estudo
Saúde
Conselho Municipal de Saúde é contra mudança de gestão do Hospital Regional
Saúde
Corumbá e Ladário receberão remessa de vacinas contra a dengue
Saúde
Mais da metade do mundo está em alto risco para surto de sarampo, alerta OMS
Saúde
Bebê de um mês é a primeira morte confirmada por dengue em MS
Saúde
Covid-19: MS confirma 6 mortes e mais de 600 casos da doença

Mais Lidas

Polícia
AGORA: Casal morre após carro bater em carreta na BR-163, em Campo Grande
Polícia
Corpo é encontrado em pesqueiro no Jardim Pênfigo
Polícia
Cantor apanha após dançar com mulher durante baile em chácara do Bonança
Polícia
Cadeirante é encontrado morto em avançado estado de decomposição