Menu
Busca segunda, 17 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Tecnologia

Governo de MS lança programa de Iniciação Científica com 300 bolsas

As bolsas são para professores a alunos e vão de R$ 400 a R$ 800 mensais

28 abril 2021 - 10h07Sarah Chaves com informações da Assessoria

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, lançou na terça-feira (27), o Programa de Iniciação Científica e Tecnológica (PICTEC/MS), que vai conceder até 300 bolsas de iniciação científica para estudantes e professores do Ensino Médio de escolas da Rede Pública de Ensino do MS.

Serão 250 bolsas no valor de R$ 400 mensais para os alunos, e até 50 bolsas de R$ 800 mensais para os professores/coordenadores dos projetos aprovados, totalizando R$ 1,6 milhão em investimento. O presidente do Conselho Superior da Fundect, Ricardo Senna explicou que o programa é uma estratégia de transformação do Estado por meio da iniciação científica e tecnológica.

O diretor-presidente da Fundect, Márcio de Araújo Pereira detalhou quem pode participar e como funciona o programa. Professores do ensino médio da rede pública de ensino de MS, que tenham pelo menos o mestrado, poderão inscrever seus projetos de iniciação científica. Cada projeto e orientador poderá contar com até 5 alunos bolsistas.

As inscrições deverão ser realizadas entre os dias 28 de abril e 1º de junho de 2021 por meio do sistema SigFundect. Todas as informações acerca do edital você encontra clicando AQUI.

De acordo com o diretor-presidente da Fundect, Márcio de Araújo Pereira, o edital nasceu após uma série de visitas a escolas da rede estadual e conversas com professores, diretores e alunos. “Conversando com as pessoas, detectamos essa demanda. São inúmeros projetos desenvolvidos nas escolas públicas de MS, e é nosso papel apoiar e incentivar a vocação científica destes jovens”, avalia Márcio.

Jaime Verruck, titular da Semagro, acredita que o programa vai descobrir centenas de projetos que já existem e precisam avançar, e contribuir para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. “O Governo do Estado investe no PICTEC mais de um milhão e seiscentos mil reais em recursos próprios. Nos próximos dias estaremos recebendo as inscrições e propostas de professores de todos os municípios do Estado, e queremos ao final voltar aqui para compartilhar com vocês os projetos aprovados. Não se faz educação sem pesquisa”, frisou.

As bolsas terão vigência de 12 meses e a previsão da Fundect é de que as mesmas sejam implantadas em setembro deste ano. 

Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tecnologia
IFMS produz e distribui equipamento econômico de apoio para intubação

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio