Menu
Busca terça, 28 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS setembro21
Agronegócio

Governo de MS consolida normas para segurança de Barragens no estado

Mato Grosso do Sul agora está em conformidade com nova lei federal

10 agosto 2021 - 17h42Mériele Oliveira, com informações da assessoria

O governo de Mato Grosso do Sul consolidou, por meio da Resolução Semagro nº 757, publicada no Diário Oficial do Estado do dia 4 de agosto, as normas que regulam a segurança de barragens. Com isso, a normativa estadual fica em conformidade com as alterações da Lei 14.066/2020, que modificou a Política Nacional de Segurança de Barragens (PNSB). 

A Resolução Semagro 757 trata do Sistema de Classificação da Barragem; Plano de Segurança da Barragem; Inspeções de Segurança Regular; Inspeções de Segurança Especial; Revisão Periódica de Segurança de Barragem e Plano de Ação de Emergência.

“Dentre as principais novidades trazidas pela nova Resolução, além da previsão de alguns novos conceitos, houve a inclusão dos procedimentos e critérios complementares para a classificação de barragens quanto a Categoria de Risco (CRI) e Dano Potencial Associado (DPA)”, comenta o gerente de Recursos Hídricos do Imasul, Leonardo Sampaio.

O secretário Jaime Verruck, da Semagro, reforça que “a questão das barragens envolve a segurança hídrica, com disponibilidade, de abastecimento de água, de sistemas de irrigação, de hidrelétricas, de toda uma infraestrutura que dá apoio ao desenvolvimento de nosso Estado, de forma sustentável”.

A resolução estabelece, entre outros critérios, a classificação de barragens, de acordo com altura e volume, além de levar em conta a localização destas e a distância mínima de áreas de preservação. 

A partir de agora, o Imasul poderá aceitar a apresentação de estudo simplificado para a elaboração do mapa de inundação. Além disso, foi criado um e-mail exclusivo para os assuntos ligados à segurança de barrangens ([email protected]), que deve receber também as cópias dos documentos que devem ser enviados para o Sistema Nacional de Informações sobre Segurança de Barragens (Snisb), que é uma nova obrigação prevista na Lei 14.066/2020. 

O diretor-presidente do Imasul, André Borges, lembra da importância do tema para o Estado. “Tivemos um evento on line, em nível nacional, realizado em setembro do ano passado, em conjunto com a Semagro e a Defesa Civil, que contribuiu muito para o aprimoramento da nossa legislação”, afirma.

Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Agronegócio
Ciência deve ser acessível a todos os países, diz ministra Tereza Cristina
Política
Vídeo: Tereza Cristina destaca inovação e tecnologia do agro brasileiro na Itália
Agronegócio
Em 11 anos, agro de MS injetou R$ 12 bilhões em áreas agrícolas
Agronegócio
Casos atípicos de "vaca louca" podem impactar exportações de carne do MS
Agronegócio
Tereza Cristina é a nova presidente da Junta Interamericana de Agricultura
Agronegócio
Marcelo Bertoni assume Famasul e ressalta "qualificação"
Agronegócio
Nero no Cerrado: arrendatário é multado em R$ 97 mil por incêndio em pastagem
Agronegócio
Feira Segura do Senar gerou mais de R$ 40 mil para produtores rurais
Agronegócio
Agricultura familiar terá auxílio
Agronegócio
Senar/MS forma 2ª turma do Curso Técnico em Agropecuária

Mais Lidas

Cidade
Incêndio atinge margens do rio Paraguai em Corumbá
Clima
Tempestade faz temperatura despencar 15 graus e destelha apartamento em Campo Grande
Polícia
Mulher é agredida e esfaqueia pênis de marido
Polícia
Homem é assassinado a tiros por dívida de R$ 100,00