Menu
Busca terça, 27 de julho de 2021
(67) 99647-9098
Senai - EAD_senai_tecnico
Brasil

Cálculo para aposentadoria muda a partir desta segunda

O novo cálculo exige um ano a mais para homens e mulheres se aposentarem

31 dezembro 2018 - 07h36Da redação com informações da Agência Brasil

O cálculo das aposentadorias por tempo de contribuição mudou nesta segunda-feira (31), quando foi acionada uma regra implementada por lei em 2015. A regra exige um ano a mais para homens e mulheres se aposentarem. A atual fórmula, conhecida como 85/95, vai aumentar um ponto e se tornar 86/96.

De acordo com a fórmula 85/95, a soma da idade e do tempo de contribuição era de 85 anos para mulheres e 95 para homens. O tempo de trabalho das mulheres era de 30 anos e o dos homens, de 35 anos. Isso significa, por exemplo, que uma mulher que tenha trabalhado por 30 anos, precisaria ter pelo menos 55 anos para se aposentar.

A partir de hoje, para se aposentar com o tempo mínimo de contribuição, ela deverá ter 56 anos. A mesma soma precisará alcançar 86 e 96. A fórmula será aumentada gradualmente até 2026.

O pedido de aposentadoria pode ser solicitado pelo número 135 ou pelo site do INSS.

Fórmula

A regra de aposentadoria é fixada pela Lei 13.183/2015. Nos próximos anos, a soma voltará a aumentar, sempre em um ano. A partir de 31 de dezembro de 2020, passará a ser 87/97; de 31 de dezembro de 2022, 88/98; de 31 de dezembro de 2024, 89/99; e, em 31 de dezembro de 2026 chegará à soma final de 90/100.

Além de se aposentar por essa regra, os trabalhadores podem atualmente se aposentar apenas por tempo mínimo de contribuição: 35 anos para os homens e 30 anos para as mulheres, independente da idade. Nesses casos, no entanto, poderá ser aplicado o chamado fator previdenciário que, na prática, reduz o valor da aposentadoria de quem se aposenta cedo.

 

Vai di Vinho

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Covid: Brasil chega a 550 mil mortes
Brasil
Vídeo: ‘Linda de calcinha pra te seduzir’, homem é flagrado de fio dental na rua
Brasil
Deputado 'usa' medalha de Rayssa Leal para defender trabalho infantil
Brasil
Vídeo: Homem é atacado por tubarão em Recife e tem parte da perna arrancada
Brasil
Marido nega agressão e deputada cita desafeto na Câmara
Brasil
Uma semana após sorteio, sortudo ainda não resgatou prêmio
Brasil
Brasil terá 10 milhões de desempregados pós pandemia, dizem economistas
Brasil
Vôlei feminino: Brasil vence Coreia do Sul por três sets a zero
Brasil
Deputada diz que inicialmente suspeitou que mal-estar causou lesões
Brasil
Nascidos em julho recebem auxílio neste sábado

Mais Lidas

Polícia
Bebedeira acaba em confusão na casa de pai de santo após debate sobre 'macumba'
Polícia
Militar aposentado de MS é encontrado morto e suspeita é de latrocínio
Polícia
Família do bagulho: Mãe e filha são pegas traficando drogas
Polícia
Suposto funcionário de hospital aplica golpe de ouro falso em jovem