Menu
Busca terça, 22 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Senar - junho21
Brasil

Equipe técnica apresenta reforma da Previdência à imprensa

Para convencer a população o governo usará o slogan “Nova Previdência é para todos. É melhor para o Brasil”

20 fevereiro 2019 - 14h45Mauro Silva com Agência Senado

A equipe técnica do governo apresentou detalhes sobre a reforma da Previdência à imprensa nesta quarta-feira (20). “Nova Previdência é para todos. É melhor para o Brasil” será o slogan usado para convencer a população da importância das mudanças no sistema. Como foi anunciado, a idade mínima de 65 anos para homens e de 62 para mulheres, após período de transição. As alterações valem para trabalhadores da iniciativa privada (INSS) e servidores públicos.

Bruno Bianco, secretário especial-adjunto da Previdência e Trabalho, iniciou a apresentação explicando que a proposta de emenda à Constituição entregue ao Congresso Nacional nesta quarta-feira é apenas uma das quatro proposições responsáveis por alterar todo o sistema. A outras são a Medida Provisória 871/2019, para combater fraudes; um projeto de lei ainda a ser enviado para endurecer a cobrança de débitos previdenciários; e um outro projeto de lei para atualizar o sistema de proteção social dos militares. Estes dois últimos projetos deverão chegar em 30 dias ao Congresso.

“Estamos buscando a criação de um sistema justo e igualitário no qual todos se aposentarão com as mesmas regras, com idade mínima e tempo de contribuição”, afirmou Bianco.

O secretário enumerou ainda outras características da reforma: a sustentabilidade do sistema; a separação da Previdência da assistência social; a proteção do idoso; a ampla garantia dos direitos adquiridos; as regras de transição amplas; e a criação de um sistema de capitalização.

O texto é apresentado aos governadores          

No momento em que a equipe econômica apresentava a proposta aos jornalistas, o ministro da Economia Paulo Guedes e o secretário especial de Previdência e Trabalho Rogério Marinho apresentavam o texto a governadores.

Caminho longo

A reforma da Previdência terá um longo  caminho na Câmara. Primeiro, a proposta terá que passar pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC); a seguir, seguirá para uma comissão especial formada especificamente para tratar do tema. Só então irá ao Plenário, para depois ser enviada ao Senado.

Senar - square junho21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Jovem de 19 anos perde parte do pulmão após contrair fungos durante uso de narguilé
Brasil
Covid: Brasil tem 2º maior número de casos em 24h
Brasil
Entra em vigor lei que prorroga regras de reembolso de passagens aéreas
Brasil
Prints do WhatsApp Web não podem ser usados como prova, decide STJ
Brasil
Em viaduto, grupo ora pela prisão de serial killer
Brasil
Caça a 'serial killer do DF', chega ao nono dia com centenas de policiais
Brasil
CPI da Pandemia quebra sigilo de documentos com nomes de empresários
Brasil
Polícia encontra corpo de ex-parceiro de dupla de Cristiano Araújo
Saúde
“Não precisa que professores estejam vacinados”, diz Queiroga sobre aulas presenciais
Brasil
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia

Mais Lidas

Geral
Foi convocado? Agehab divulga lista de beneficiários para ocupação de imóveis
Polícia
Menina de 11 anos era estuprada pelo pai no trajeto da igreja
Polícia
Bandido morre após tentar assaltar policial
Geral
Morta pelo marido, Lindinalva era professora e deixa dois filhos