Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Brasil

Equipe técnica apresenta reforma da Previdência à imprensa

Para convencer a população o governo usará o slogan “Nova Previdência é para todos. É melhor para o Brasil”

20 fevereiro 2019 - 14h45Mauro Silva com Agência Senado

A equipe técnica do governo apresentou detalhes sobre a reforma da Previdência à imprensa nesta quarta-feira (20). “Nova Previdência é para todos. É melhor para o Brasil” será o slogan usado para convencer a população da importância das mudanças no sistema. Como foi anunciado, a idade mínima de 65 anos para homens e de 62 para mulheres, após período de transição. As alterações valem para trabalhadores da iniciativa privada (INSS) e servidores públicos.

Bruno Bianco, secretário especial-adjunto da Previdência e Trabalho, iniciou a apresentação explicando que a proposta de emenda à Constituição entregue ao Congresso Nacional nesta quarta-feira é apenas uma das quatro proposições responsáveis por alterar todo o sistema. A outras são a Medida Provisória 871/2019, para combater fraudes; um projeto de lei ainda a ser enviado para endurecer a cobrança de débitos previdenciários; e um outro projeto de lei para atualizar o sistema de proteção social dos militares. Estes dois últimos projetos deverão chegar em 30 dias ao Congresso.

“Estamos buscando a criação de um sistema justo e igualitário no qual todos se aposentarão com as mesmas regras, com idade mínima e tempo de contribuição”, afirmou Bianco.

O secretário enumerou ainda outras características da reforma: a sustentabilidade do sistema; a separação da Previdência da assistência social; a proteção do idoso; a ampla garantia dos direitos adquiridos; as regras de transição amplas; e a criação de um sistema de capitalização.

O texto é apresentado aos governadores          

No momento em que a equipe econômica apresentava a proposta aos jornalistas, o ministro da Economia Paulo Guedes e o secretário especial de Previdência e Trabalho Rogério Marinho apresentavam o texto a governadores.

Caminho longo

A reforma da Previdência terá um longo  caminho na Câmara. Primeiro, a proposta terá que passar pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC); a seguir, seguirá para uma comissão especial formada especificamente para tratar do tema. Só então irá ao Plenário, para depois ser enviada ao Senado.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Ruptura iminente faz Vale paralisar ferrovia
Brasil
“Juízes devem zelar para que pactos sejam cumpridos", diz Toffoli
Brasil
Menores vítimas de violência sexual costumam mostrar sinais
Brasil
Mega acumula e pode pagar R$ 12 mi no próximo sorteio
Brasil
Telma Abrahão volta ao Brasil devido ao grande sucesso de seus workshops
Brasil
Empresa aérea europeia chega ao Brasil e presidente comemora
Brasil
Multa da Vale aumenta para R$ 300 milhões
Brasil
Papa aceita renúncia do bispo de Limeira
Brasil
Piso nacional de jornalistas pode chegar a R$ 3.270
Brasil
Ministro fala sobre indícios de irregularidades no Fundo Amazônia

Mais Lidas

Polícia
Travesti é encontrada morta na madrugada deste domingo
Cidade
Inscrições para sorteio de apartamentos na capital encerram terça-feira
Polícia
Troca de tiros termina com homem morto e PM ferido
Educação
Estão abertas as Inscrições para o Encceja