Menu
Busca segunda, 25 de março de 2019
(67) 99647-9098
TJMS março-19
Brasil

Equipe técnica apresenta reforma da Previdência à imprensa

Para convencer a população o governo usará o slogan “Nova Previdência é para todos. É melhor para o Brasil”

20 fevereiro 2019 - 14h45Mauro Silva com Agência Senado

A equipe técnica do governo apresentou detalhes sobre a reforma da Previdência à imprensa nesta quarta-feira (20). “Nova Previdência é para todos. É melhor para o Brasil” será o slogan usado para convencer a população da importância das mudanças no sistema. Como foi anunciado, a idade mínima de 65 anos para homens e de 62 para mulheres, após período de transição. As alterações valem para trabalhadores da iniciativa privada (INSS) e servidores públicos.

Bruno Bianco, secretário especial-adjunto da Previdência e Trabalho, iniciou a apresentação explicando que a proposta de emenda à Constituição entregue ao Congresso Nacional nesta quarta-feira é apenas uma das quatro proposições responsáveis por alterar todo o sistema. A outras são a Medida Provisória 871/2019, para combater fraudes; um projeto de lei ainda a ser enviado para endurecer a cobrança de débitos previdenciários; e um outro projeto de lei para atualizar o sistema de proteção social dos militares. Estes dois últimos projetos deverão chegar em 30 dias ao Congresso.

“Estamos buscando a criação de um sistema justo e igualitário no qual todos se aposentarão com as mesmas regras, com idade mínima e tempo de contribuição”, afirmou Bianco.

O secretário enumerou ainda outras características da reforma: a sustentabilidade do sistema; a separação da Previdência da assistência social; a proteção do idoso; a ampla garantia dos direitos adquiridos; as regras de transição amplas; e a criação de um sistema de capitalização.

O texto é apresentado aos governadores          

No momento em que a equipe econômica apresentava a proposta aos jornalistas, o ministro da Economia Paulo Guedes e o secretário especial de Previdência e Trabalho Rogério Marinho apresentavam o texto a governadores.

Caminho longo

A reforma da Previdência terá um longo  caminho na Câmara. Primeiro, a proposta terá que passar pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC); a seguir, seguirá para uma comissão especial formada especificamente para tratar do tema. Só então irá ao Plenário, para depois ser enviada ao Senado.

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Marun diz que liminar que o “afasta” do conselho de Itaipu é ilegal
Brasil
“Volto a confiar na Justiça”, diz Marun após soltura de Temer
Brasil
Casos de dengue aumentam 224% em apenas três meses
Brasil
Justiça manda soltar Temer
Brasil
Bolsonaro participa de assinaturas de contratos do setor elétrico
Brasil
Escola atacada em Suzano retoma as aulas terça-feira
Brasil
Leilão de áreas portuárias de Vitória e Cabedelo rendem R$ 219,5 mi
Brasil
Diretor Domingos Oliveira morre aos 83 anos no Rio
Brasil
Líder rural é assassinada a facadas em assentamento
Brasil
Maia diz que vai se empenhar em favor da reforma da Previdência

Mais Lidas

Geral
Cantor sertanejo morre em acidente na BR-163
Polícia
Imagem Forte - Homem é executado com mais de 20 disparos em Ponta Porã
Política
Vídeo - Deputado apanha de vereador e sai machucado
Polícia
Trabalhadores encontram corpo no rio Anhanduí