Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Brasil

Moro diz que não estabeleceu condição para assumir ministério

O ministro foi convidado pelo presidente para assumir a pasta, logo após as eleições

13 maio 2019 - 14h35Joilson Francelino, com informações da Agência Brasil

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou, nesta segunda-feira (13), que não estabeleceu nenhuma condição para aceitar o convite do presidente Jair Bolsonaro para deixar a magistratura e assumir um cargo no governo federal. Segundo o ministro, o comando da pasta só lhe foi oferecido após Bolsonaro ter sido eleito, em outubro de 2018.

“Eleito, ele [Bolsonaro] anunciou publicamente o convite. Eu, então, fui à casa dele no Rio de Janeiro. Conversamos e eu não estabeleci nenhuma condição”, disse Moro.

De acordo com o ministro, pesou sobre sua decisão o fato que ele e toda a equipe responsável pela Operação Lava Jato e por outras ações judiciais de combate à corrupção trabalhavam com “a perspectiva de que a nossa sorte um dia ia acabar e que, a partir de determinado momento, o sistema passaria a nos impor uma série de derrotas, inclusive com mudanças de leis e que todo o nosso trabalho estaria perdido”. E acrescentou, “eis o motivo pelo qual, salvo engano, em 1º de novembro, eu aceitei o convite do presidente Jair Bolsonaro para assumir o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública”.

“Não vou receber um convite e estabelecer condições sobre circunstâncias futuras que não se pode controlar. O que levei para o presidente é que [no cargo] eu queria trabalhar contra a corrupção, crime organizado e crime violento. Houve uma convergência de pautas, além de o presidente ter me dado carta-branca para construir [a equipe do] ministério”, acrescentou Moro, destacando que a pasta está “repleta” de pessoas com quem ele trabalhou ao longo de seus 22 anos na magistratura.

No domingo (12), o presidente Jair Bolsonaro disse, em uma entrevista à Rádio Bandeirantes, que havia se comprometido com Moro a indicá-lo para uma vaga como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e que pretende cumprir o combinado.

Roberto Carlos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Jovem que morreu em cachoeira se desequilibrou ao tirar 'selfie'
Brasil
Turismo do Brasil tem nova marca no exterior
Brasil
Não quer ser "perturbado" por telemarketing? Saiba como
Brasil
Bolsonaro faz discurso sobre posição de Eduardo na embaixada em Washington
Brasil
Vídeo - “Bíblia e oração”, diz Marcelo Rossi após empurrão
Brasil
Mourão quer reforma política após a conclusão da Previdência
Brasil
Ninguém acerta a Mega e prêmio acumulado é R$ 16 milhões
Brasil
Economia com reforma da Previdência deve cair para cerca de R$ 900 bi
Brasil
Ministro diz que não há ilegalidade em liberar emendas
Brasil
Índios criticam delegado na Funai

Mais Lidas

Polícia
Família encontra adolescente que estava desaparecida
Polícia
Homem é morto a tiros dentro de casa enquanto fumava narguilé
Educação
Desligamento de professores da educação especial preocupa pais
Geral
Sem a OAB sociedade fica desprotegida, diz Mansour Karmouche