Menu
Busca quinta, 13 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Brasil

Paulo Henrique Amorim é velado no Rio de Janeiro

Velório começou nesta manhã na Associação Brasileira de Imprensa

11 julho 2019 - 14h51Joilson Francelino, com informações da Agência Brasil

O corpo do jornalista Paulo Henrique Amorim foi velado entre a manhã e a tarde desta quinta-feira (11) na sede da Associação Brasileira de Imprensa, no centro do Rio de Janeiro. Familiares, amigos e admiradores prestaram homenagens ao jornalista que trabalhava desde 2003 na TV Record e morreu na quarta-feira (10), aos 77 anos, vítima de um infarto. 

O sepultamento está marcado para as 17h, no Cemitério da Penitência, na zona portuária do Rio de Janeiro. 

Irmã de Paulo Henrique Amorim, a professora universitária Marília Amorim lembra que o irmão mais velho tinha uma forma de cuidado que sempre se preocupava em contribuir com sua formação profissional e intelectual. 

"Ele sempre me protegeu num sentido muito diferente. Era uma proteção que não me dava refresco. Era uma proteção para me colocar indo à luta", lembra Marília, que afirma que, por sua coragem, Paulo Henrique é uma "perda imensa" para o jornalismo brasileiro. "Era uma pessoa muito dedicada ao jornalismo".

O presidente recém eleito da ABI, Paulo Jerônimo, contou que ofereceu a sede da associação à família pela importância que o jornalista teve ao longo de sua trajetória. "Foi um brilhante jornalista, respeitado por toda a classe. Estamos orgulhosos de prestar essa homenagem", disse Paulo Jerônimo, que também chegou a conviver com Paulo Henrique Amorim. "Ele era um cara muito engraçado, com tiradas impressionantes".

O cineasta Luiz Carlos Barreto contou que ainda no início de sua vida profissional, como repórter da Revista Cruzeiro, fez uma amizade com Paulo Henrique Amorim que durou até sua morte. Barretão, como também é conhecido, elogiou a firmeza do amigo em suas convicções e na defesa da democracia.

"Às vezes, nessa sua fé no jornalismo livre e independente, cometia alguns excessos, mas isso faz parte da paixão. E ele era um apaixonado pela democracia verdadeira", disse o cineasta. "Era, sobretudo, um espírito livre, e como tal, sempre muito polêmico".

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Michelle Bolsonaro perde avó para o coronavírus
Brasil
Acidente mata cantor sertanejo em rodovia
Brasil
Nelsinho fará parte de comitiva que vai ao Líbano
Brasil
Prefeitos querem flexibilizar pagamento mínimo da educação em 2020
Brasil
Anac autoriza táxi-aéreo a vender assento individual
Brasil
Mega sorteia R$ 6,5 milhões neste sábado
Brasil
Vídeo: motoboy sofre ofensas racistas em condomínio
Brasil
AO VIVO: Bolsonaro libera recurso para vacina contra o coronavírus
Brasil
Soldado é encontrado morto em quartel e família suspeita de tortura
Brasil
Corte de energia por falta de pagamento volta nesta segunda

Mais Lidas

Cidade
Todos os acessos do bairro Tiradentes receberão recapeamento
Internacional
China detecta coronavírus em carne de frango importada do Brasil
Justiça
Servidor desviava materiais da Sefaz para vender
Geral
Vídeo - Cliente arranca cabelo e coloca em lanche para não pagar