Menu
Busca sábado, 31 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
Sebrae - Bonito
Brasil

Tereza avalia que críticas a agrotóxicos podem gerar guerra comercial

A ministra criticou reportagens que abordam o assunto de maneira negativa

06 agosto 2019 - 17h51Joilson Francelino, com informações da Agência Brasil

A ministra da Agricultura Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, disse nesta terça-feira (6) que as críticas que vêm sendo feitas às autorizações dadas por sua pasta para o registro de agrotóxicos no país estão se transformando em “guerra política”, no âmbito nacional, com potencial de resultar, no âmbito internacional, em “guerra comercial”.

Em café da manhã com jornalistas, Tereza disse que as autorizações concedidas para uso de novos agrotóxicos são um “risco calculado” similar ao que ocorre em outros países. “Ninguém está colocando veneno no prato do consumidor brasileiro”, afirmou a ministra.

“O Brasil é o único país que tem uma lei segundo a qual não se pode aprovar nenhum registro mais tóxico ou igual ao que já existe no mercado [de agrotóxicos]”, disse.

A ministra abriu o encontro criticando artigos e matérias jornalísticas que abordaram o assunto. “Estamos incomodados com o fato de o tema ser transformado, aqui dentro, em guerra política e, lá fora, em guerra comercial”, disse a ministra.

“Tenho preocupação com o fato de passarmos imagens que resultarão em questionamentos no exterior. Se há, aqui dentro, dúvidas, por que lá fora não haveria?”, acrescentou, ao defender “unidade, não de pensamento, mas nos números” que são publicizados .

Segundo ela, dos 262 produtos registrados recentemente, apenas sete são novos. Os demais seriam genéricos ou equivalentes aos já existentes no mercado. “Nós não liberamos agrotóxicos. Nós concedemos registros para a produção industrial de formulados. E nem sempre a indústria coloca à venda, porque nem sempre há interesse. Prova disso é que 48% dos produtos formulados autorizados não foram comercializados”.

Para ajudá-la a embasar cientificamente suas argumentações, a ministra contou com a ajuda de alguns pesquisadores e especialistas do setor.

CertFica

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Sortudo pode receber R$ 52 milhões neste sábado
Brasil
Dívida do governo cresce 20% por enfrentamento à covid-19
Brasil
Em live, Padre Fábio de Melo defende união civil entre homossexuais
Brasil
Jovem que estava desaparecido a 24 dias é encontrado com vida
Brasil
Vídeo: em caminhonete, empresário arrasta morador de rua até a morte
Brasil
Estados que sofrem com facções terão forças armadas nas eleições
Brasil
Lula perde sogra para o coronavírus
Brasil
Vídeo: Homem é pego 'transando' com égua e apanha da dona do animal
Brasil
Governo autoriza a importação de gás da Bolívia pela Petrobras
Brasil
Burro fica suspenso em carroça com excesso de tijolos como carga

Mais Lidas

Política
Kemp e Cânepa: assista o momento do “perdão” que não viralizou
Cidade
Sala do Fórum e Justiça recebem nome de Nelson Trad e Nailo Theodoro de Faria
Geral
Brasileiro ganha R$ 130 mil após encontrar falha de segurança no Facebook
Polícia
Dois homens são multados em R$ 20 mil por degradação de área protegida