Menu
Busca quinta, 20 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Cidade

Cadeirante é indenizado em R$ 10 mil por organizadora de eventos

Mauro precisou da ajuda de terceiros para acessar bangalô

12 abril 2019 - 17h17Da Redação com Assessoria

O cadeirante Mauro Wilson Amorim de Souza será indenizado em R$ 10 mil pela empresa organizadora de eventos JCE - Organizações de Eventos e Promoções Ltda pela falta de acessibilidade em festa no Ancora Hotel, segundo publicado pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul.

Mauro comprou um ingresso de bangalô por R$ 230,00 da festa realizada pela organizadora em maio de 2016. Ele escolheu ficar no andar de cima no Ancora Hotel onde foi realizado o evento.

Segundo o cadeitante a escolha foi para enxergar melhor o palco. Mas ao entrar no evento, ele não tinha acessibilidade adequada para aproveitar a festa e precisou da ajuda de terceiros para chegar no bangalô.

Conforme os autos dos processos, a rampa de acesso ao bangalô tinha piso, grau de inclinação e largura inadequados e não tinha nenhum corrimão. Para chegar até o banheiro, o homem acrescentou a existência de muitos degraus.

Em contestação, a JCE alegou que nenhum bangalô é vendido sem ser identificada a necessidade de atendimento especial. E ressaltou que os portadores de necessidades são orientados a escolher um espaço reservado nos andares de baixo para facilitar o acesso.

Já o hotel disse que a responsabilidade pelo evento, pelas pessoas que freqüentariam o local e a segurança delas ficou por conta da JCE. O hotel não se responsabilizou por reclamações, acidentes, brigas, e atritos durante o evento.

O juiz Marcel Henry Batista de Arruda  afirmou que é incontestável o andar onde estava o autor não possuía acesso adequado. Ele ainda destacou que a organizadora do evento confessou o constrangimento de Mauro.

Prefeitura prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Confira a lista de habilitados para sorteio de unidades habitacionais na capital
Cidade
Capital terá 15 espaços públicos revitalizados
Cidade
Sem a obrigatoriedade, a tendência é a redução do uso dos simuladores em MS
Cidade
Campo-grandenses se unem e ajudam família que caiu em golpe da falsa encomenda
Cidade
Sem qualquer indicativo de velocidade, radar funciona desde março
Cidade
Concurso de fiscal da receita municipal acontece no próximo domingo
Cidade
Maqueiro pinta paredes da pediatria para alegrar crianças em tratamento
Cidade
Andorinha é autuada novamente por desrespeitar consumidores
Cidade
Campanha arrecada 580 litros de leite na capital
Cidade
Em busca de investimentos, prefeito convida empresários libaneses para visita à Capital
Presidente da Câmara Municipal de São Paulo, Eduardo Tuma também virá a Campo Grande

Mais Lidas

Cidade
Confira a lista de habilitados para sorteio de unidades habitacionais na capital
Cidade
Campo-grandenses se unem e ajudam família que caiu em golpe da falsa encomenda
Polícia
Pai mata filho de 7 anos após convencê-lo de que brincariam juntos
Polícia
Vídeo: Homem é executado por pistoleiros em oficina