Menu
Busca sábado, 25 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Cidade

Capital pode ter radares no trânsito sem sinalização

Rua com radar terá apenas a sinalização normal, o que deverá aumentar as multas

22 novembro 2018 - 16h52Da redação

Os novos radares de Campo Grande poderão não ter sinalização de que “ali existe o equipamento”, segundo o diretor-presidente da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), Janine de Lima Bruno, o órgão ainda estuda a possibilidade. A medida deverá aumentar as multas.

Em entrevista ao JD1 Notícias, Janine esclareceu que será instalada a placa de regulamentação de velocidade, além da sinalização de que a via é fiscalizada por radar. “O que estamos estudando, é o colocar o aviso de que a tantos metros terá radar. O motorista não tem que ficar preocupado se a via tem ou não radar, ele tem que se preocupar em qual a velocidade da via, e tem que andar abaixo dela”, disparou.

Novos equipamentos

Desde o dia 17 de outubro deste ano, novos equipamentos eletrônicos começaram a ser instalados. Janine comemorou que os equipamentos vêm com “nova tecnologia que trará mais eficiência na fiscalização”. “A principal mudança é o laço detector que, antes era marcado no chão, permitindo que motociclistas se desviassem da fiscalização, com este novo, que o detector é aéreo, qualquer coisa que passar na frente dele, ele faz a leitura”, disse. Janine adiantou também que as câmeras e sensores dos equipamentos são melhores. Sem numerar, o diretor disse que grande parte dos equipamentos já estão instalados nas ruas que são mais “problemáticas”.


(A primeira via a receber os equipamentos eletrônicos foi a avenida Ceará - Foto: Assessoria)

Assim que todos os equipamentos estiverem instalados, o Inmetro fará a aferição e, a partir de então, será dado o início do “período educativo”. “No período de 15 dias, os equipamentos serão testados. Se a pessoa for flagrada em alta velocidade, ela vai receber uma advertência, mas não será multada”, contou. O Inmetro deve iniciar a aferição dos equipamentos a partir da semana que vem.

Com a nova medida, Janine espera redução no número de acidentes de trânsito, principalmente morte. “Nosso sonho é chegar a zero acidente, mas sabemos que é impossível, mas queremos uma redução significativa”, concluiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Lotes no Bosque das Araras tem lista de habilitados divulgada
Cidade
Empossada nova diretoria do Conselho Regional de Farmácia de MS
Cidade
Mato Grosso será revitalizada e Moreninhas ganhará novo acesso
Cidade
Prefeitura abre 30 vagas em curso de higine na manipulação de alimentos
Cidade
CCZ reforça combate a infestação de escorpiões na capital
Cidade
Como saber se o agente de saúde contra a dengue não é bandido?
Cidade
Ministério Público decidirá reabertura de Morenão nesta sexta-feira
Cidade
Aeroporto opera por instrumentos nesta manhã de quinta-feira na capital
Cidade
Prefeitura cria incentivo à população para manter a 14 de Julho
Cidade
Agehab convoca sorteados da lista reserva

Mais Lidas

Polícia
Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em terreno
Esportes
Internacional vence Grêmio nos pênaltis e ganha Copa São Paulo de Juniores
Geral
Bruno Covas recebe alta após 7ª sessão de quimioterapia
Polícia
Casal é preso com mais de R$ 400 mil em celulares e relógios