Menu
Busca sábado, 08 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Cidade

Capital pode ter radares no trânsito sem sinalização

Rua com radar terá apenas a sinalização normal, o que deverá aumentar as multas

22 novembro 2018 - 16h52Da redação

Os novos radares de Campo Grande poderão não ter sinalização de que “ali existe o equipamento”, segundo o diretor-presidente da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), Janine de Lima Bruno, o órgão ainda estuda a possibilidade. A medida deverá aumentar as multas.

Em entrevista ao JD1 Notícias, Janine esclareceu que será instalada a placa de regulamentação de velocidade, além da sinalização de que a via é fiscalizada por radar. “O que estamos estudando, é o colocar o aviso de que a tantos metros terá radar. O motorista não tem que ficar preocupado se a via tem ou não radar, ele tem que se preocupar em qual a velocidade da via, e tem que andar abaixo dela”, disparou.

Novos equipamentos

Desde o dia 17 de outubro deste ano, novos equipamentos eletrônicos começaram a ser instalados. Janine comemorou que os equipamentos vêm com “nova tecnologia que trará mais eficiência na fiscalização”. “A principal mudança é o laço detector que, antes era marcado no chão, permitindo que motociclistas se desviassem da fiscalização, com este novo, que o detector é aéreo, qualquer coisa que passar na frente dele, ele faz a leitura”, disse. Janine adiantou também que as câmeras e sensores dos equipamentos são melhores. Sem numerar, o diretor disse que grande parte dos equipamentos já estão instalados nas ruas que são mais “problemáticas”.


(A primeira via a receber os equipamentos eletrônicos foi a avenida Ceará - Foto: Assessoria)

Assim que todos os equipamentos estiverem instalados, o Inmetro fará a aferição e, a partir de então, será dado o início do “período educativo”. “No período de 15 dias, os equipamentos serão testados. Se a pessoa for flagrada em alta velocidade, ela vai receber uma advertência, mas não será multada”, contou. O Inmetro deve iniciar a aferição dos equipamentos a partir da semana que vem.

Com a nova medida, Janine espera redução no número de acidentes de trânsito, principalmente morte. “Nosso sonho é chegar a zero acidente, mas sabemos que é impossível, mas queremos uma redução significativa”, concluiu.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
“Fôlego para o setor”, diz Paulo Corrêa sobre resposta que beneficia transporte rural
Cidade
Confira o itinerário de fumacê nos bairro nesta sexta
Cidade
Capital terá sepultamentos até meia-noite
Cidade
Após demissões e terceirização, sindicato protesta contra Energisa
Cidade
Assembleia é cancelada e ônibus correm normalmente nesta sexta
Cidade
Greve: Campo Grande pode ficar sem ônibus nesta sexta-feira
Cidade
Prefeitura vai prorrogar “Refis da Saúde” até dia 20
Cidade
MP quer "Lei Seca" e bares fechados às 17h
Cidade
Vídeo: Em entrevista exclusiva ao JD1, prefeito sinaliza que não vai “fechar” a capital
Cidade
Ernesto Geisel será interditada para obras no rio Anhanduí na segunda-feira

Mais Lidas

Clima
Campo-grandenses poderão aproveitar sol e céu claro neste sábado
Cidade
“Fôlego para o setor”, diz Paulo Corrêa sobre resposta que beneficia transporte rural
Brasil
Mega sorteia R$ 6,5 milhões neste sábado
Política
Eleição para vereador é enigma na pandemia