Menu
Busca quinta, 06 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
Cidade

Marquinhos diz que só aumentará a passagem se a Justiça mandar, sob risco de prisão

O prefeito garantiu que o ISSQN, aprovado e sancionado, não afetará na tarifa de ônibus

09 outubro 2019 - 12h07Joilson Francelino

O prefeito Marquinhos Trad garantiu nesta quarta-feira (9), durante entrevista à TV Morena, que a volta do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), não impactará na tarifa de ônibus em Campo Grande.

O imposto foi aprovado pelos vereadores em única discussão e votação na terça-feira (8) e permite a cobrança para as empresas que prestam serviços de transporte público coletivo. O tributo será cobrado gradativamente com 1,5% para o próximo ano, 3% para 2021 e 5% a partir de 2022.

A aprovação gerou questionamento aos usuários do transporte coletivo, mas o prefeito garantiu que a passagem que, hoje, é de R$ 3,90, não aumentará. “Só se o judiciário me mandar aumentar, sob pena de prisão. Fora isso, haverá impacto”, disparou.

No texto encaminhado à Câmara Municipal, para que o projeto fosse analisado, o Executivo explica que “a alteração é necessária porque é imprescindível o aumento da arrecadação dos tributos municipais, além de reduzir, no mínimo, 10%  dos incentivos ou benefícios de natureza tributária dos quais decorram renúncias de receitas, para ajustar às exigências do Plano de Promoção do Equilíbrio Fiscal que se encontra em votação no Congresso”.  

O tributo não era cobrado desde 2013, de acordo com levantamentos, a renúncia fiscal foi de mais de R$ 20 milhões. A prefeitura espera arrecadar aproximadamente R$ 10 milhões por ano.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Prefeitura vai prorrogar “Refis da Saúde” até dia 20
Cidade
MP quer "Lei Seca" e bares fechados às 17h
Cidade
Vídeo: Em entrevista exclusiva ao JD1, prefeito sinaliza que não vai “fechar” a capital
Cidade
Ernesto Geisel será interditada para obras no rio Anhanduí na segunda-feira
Cidade
Vídeo: “Medida amarga, porém necessária”, diz defensor Rombi sobre lockdown na capital
Cidade
AO VIVO – Arara branca incentiva doação de sangue na capital
Cidade
Refis 100% saúde: termina hoje prazo para aproveitar descontos
Cidade
Marquinhos diz que não há necessidade de lockdown
Cidade
Defensoria teria “atropelado” ação por aumento de leitos
Cidade
Defensoria quer “fechar” Campo Grande por 14 dias; saiba porquê

Mais Lidas

Polícia
Homem é preso ao ser flagrado com arma roubada de guarda municipal
Esportes
Covid-19: final em Minas é suspensa Uberlândia identificar 13 infectados
Saúde
ERRATA: Enfermeiro luta contra o coronavírus na capital
Cidade
Prefeitura vai prorrogar “Refis da Saúde” até dia 20