Menu
Busca sábado, 23 de janeiro de 2021
(67) 99647-9098
Governo Futebol
Cidade

MPT alerta sobre avanço do coronavírus em frigoríficos de MS

Infecção da Covid-19 atingiu funcionários de três frigoríficos do estado

20 maio 2020 - 15h55Flávio Veras, com informações do MPT-MS

O Ministério Público do Trabalho (MPT) emitiu uma nota nesta quarta-feira (20), alertando novamente sobre o avanço do novo coronavírus (Covid-19) em frigoríficos de Mato Grosso do Sul. Em abril, a instituição notificou quase 30 indústrias do estado para que seguissem recomendação específica sobre práticas sanitárias capazes de conter a disseminação da doença nos locais de trabalho.

De acordo com o MPT, o órgão solicitou inspeção da Vigilância em Saúde do Município de Bonito na sede do Frigorífico Franca Comércio de Alimentos, onde inicialmente três funcionárias testaram positivo para a Covid-19. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, até o momento são 14 casos confirmados da doença vinculados ao frigorífico, entre funcionários e seus familiares.

O MPT também informou que irá verificar se o frigorífico tem adotado todas as ações constantes do plano de contingenciamento apresentado à instituição no último dia 18.

Outra indústria alimentícia que está sendo acompanhada pelo órgão é a Brasil Global Agroindustrial, em Guia Lopes da Laguna. A empresa registrou 61 casos de empregados confirmados com a Covid-19. A unidade tem 311 funcionários e decidiu suspender as atividades por 15 dias, contados do dia 8 de maio. Elas serão retomadas no próximo dia 22, de forma gradual. Outros 190 serão testados amanhã (21).

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), dos 693 casos confirmados de Covid-19 no Estado de Mato Grosso do Sul, 118 foram identificados em Guia Lopes da Laguna, que ocupa a segunda posição no ranking de municípios afetados pela doença, atrás apenas da capital, com 194 comprovações.

Já no Município de Dourados, onde a doença vem avançando principalmente na Reserva Indígena "Francisco Horta Barbosa", pois das 67 testagens positivas registradas na cidade até terça-feira (19), 31 pertencem à reserva. A maior preocupação do MPT é com unidades da Seara Alimentos e da BRF.

Isso porque, a expansão do vírus na reserva teve início após uma indígena que trabalha no frigorífico JBS, testar positivo para o coronavírus. Sem conhecimento da doença, ela manteve contato com dezenas de moradores do local e a comprovação de novos casos veio com a triagem de suspeitos e a aplicação de testes para detecção da doença.

senar janeiro21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Carreata anti Bolsonaro está começando agora
Cidade
Vendedora pede ajuda para encontrar mesa furtada no Tijuca
Cidade
Vídeo: moradores do Conjunto Rui Pimentel reclamam de alagamentos
Cidade
Trânsito: Pista da Afonso Pena segue interdita por capotamento de carro
Cidade
Prefeitura: recapeamento em 18 bairros deve iniciar em março
Cidade
Marquinhos republica decreto e toque de recolher continua das 22h às 5h
Cidade
Toque de recolher "encolhe" e começará às 23h na capital
Cidade
Prefeitura deve entregar Teatro do Paço reformado em 2021
Cidade
Vídeo: aferição de radar deixa trânsito lento na Afonso Pena
Cidade
"Uma vitória da vida contra a morte", diz Marquinhos ao iniciar a vacinação

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio