Menu
Busca quinta, 23 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Cidade

Radares em 38 pontos da BR-163 voltam a funcionar

De acordo com a CCR MSVia, agora serão 51 pontos com radares ativos ao longo de 845 km

27 fevereiro 2019 - 18h34Mauro Silva com assessoria

Radares que estavam inativos em 38 pontos da BR-163 voltam a funcionar à partir desta quinta-feira (28). De acordo com a CCR MSVia, os equipamentos pertenciam ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) e estavam desativados desde 2017. Agora, serão 51 radares ao longo de 845 km em Mato Grosso do Sul.

Conforme a concessionária responsável pela rodovia, os limites de velocidade foram estabelecidos após estudos técnicos e visam garantir a segurança dos usuários. Ainda de acordo com a CCR MSVia, as imagens captadas pelos radares serão repassadas diretamente à PRF, que ficará encarregada de analisar os registros e decidir sobre as autuações. Todo o montante referente às multas cobradas será recolhido ao Tesouro Nacional, sem qualquer participação da Concessionária, que está encarregada apenas da operação do sistema.

Veja a localização dos 38 radares

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Cruzamento da 14 de Julho com Mato Grosso será interditado nesta quinta
Cidade
Em Brasília, Marquinhos tenta quebrar lentidão de convênios
Cidade
Com investimento de R$ 1,9 mi, prefeitura retoma obra parada há cinco anos
Cidade
Bairro Santa Fé e região amanhecem sem energia
Cidade
Parques e praças da capital terão parquinhos de pneus
Cidade
Em Brasília, Marquinhos busca recurso para recapear 35 km de vias
Cidade
EMHA diz que invasões prejudicam 42 mil famílias que aguardam programa de moradias
Cidade
Administrativos da educação entram em greve
Cidade
Investimentos do estado reduzem acidentes e mortes no trânsito de capital
Cidade
Inscrições para sorteio de apartamentos na capital encerram terça-feira

Mais Lidas

Geral
Bosque dos Ipês terá exposição de animais marinhos de dez metros
Clima
Temperatura volta a cair nesta quarta-feira, em Mato Grosso do Sul
Polícia
Massacre deixa seis mortos na fronteira
Política
Reinaldo e Marquinhos apresentam plano para desassorear Parque das Nações