Menu
Busca sexta, 23 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Cidade

Servidor “foge” com viatura do Samu na madrugada e PM é acionada

A prefeitura de Três Lagoas divulgou nota e afirmou que a ambulância passará por perícia

23 fevereiro 2019 - 15h20Rayani Santa Cruz

Por volta de 1h30 da madrugada deste sábado (23), uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foi retirada do pátio localizado no centro de Três Lagoas, sem autorização. Um servidor teria “fugido” com o veículo e retornado somente às 7h da manhã.

De acordo com informações da prefeitura da cidade, a polícia foi acionada pela coordenação do Samu, juntamente com o setor responsável pela frota do município, e um boletim de ocorrência foi registrado.

A prefeitura de Três Lagoas encaminhou a viatura do Samu para a delegacia da Polícia Civil para que seja feita perícia no veículo. A polícia irá investigar onde a viatura foi usada e os motivos pelos quais ela foi retirada do local sem autorização.

Ainda conforme a comunicação da prefeitura, o veículo era reserva e não houve nenhuma complicação em atendimentos por conta do ocorrido.

 

Prefeitura - Niver CG

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Prefeitura convoca médicos para melhorar o atendimento nas UPAS
Cidade
"Presente de Natal”, diz Zauith sobre entrega do Aquário em dezembro de 2020
Cidade
Países usam incêndios para tentar prejudicar o Brasil, diz Bolsonaro
Cidade
Sete Quedas receberá R$ 1,7 mi para recuperação
Cidade
Marquinhos entrega asfalto no Bellinati
Cidade
Funtrab abre inscrições para 145 vagas de cursos de qualificação
Cidade
CDL defende amplo debate para transformar hotel em moradia popular
Cidade
Marquinhos entrega novos pontos de ônibus com cobertura
Cidade
Avenida Bandeirantes começa a receber asfalto novo
Cidade
Agehab tem três projetos para habitação de interesse social

Mais Lidas

Geral
Confira a lista de sorteados cadastrados na EMHA
Geral
Vereador e filho são encontrados mortos a tiros dentro de casa
Oportunidade
Processo Seletivo do Senar/MS tem salários que chegam a R$ 6,5 mil
Polícia
Jovem é morto a tiros na frente da família